arrow Voltar
A imagem é um banner sobre o projeto 1000 Devs, com as informações: 1000 Devs. Tavelntos para o bem da saúde.

1000 Devs: Distrito apresenta projeto de capacitação para jovens no mercado de tecnologia

20 de maio de 2021 2 min de leitura
time

Artigo atualizado 20 de maio de 2021

[et_pb_section][et_pb_row][et_pb_column type=”4_4″][et_pb_text]

Com as mudanças impostas pela pandemia, a taxa de desemprego entre jovens de 18 a 24 anos no Brasil chegou a mais de 30%, no 3º trimestre de 2020. Por outro lado, a aceleração na transformação digital contribuiu para o aumento de 310% no número de vagas para o setor de tecnologia no último ano. 

Visando melhorar o cenário de escassez de mão de obra qualificada no setor de tecnologia, o Distrito, em parceria com a Johnson & Johnson Medical Devices, anuncia o programa “1000 DEVs – Talentos para o bem na saúde”. O projeto criará condições para que jovens em situação de vulnerabilidade superem as barreiras sociais que os impedem de ingressar no mercado de trabalho.

Estudantes do segundo grau selecionados para o programa farão um treinamento em Desenvolvimento de Software, oferecido pela mesttra, startup de tecnologia e inovação. Serão 5 meses de aulas diárias com 3h de duração. Aqueles que se dedicarem, receberão o certificado de participação e estarão capacitados para ocupar uma posição de desenvolvedor júnior no mercado.

A seleção desses Jovens Talentos levará em consideração fatores de diversidade e inclusão, com o objetivo de remover barreiras geográficas, sociais e econômicas. As organizações CIEE, Espro e Funhas/Cephas serão as responsáveis pelo recrutamento dos jovens.

Talentos para o Bem

“A demanda por mão de obra qualificada em desenvolvimento de sistemas tende a aumentar em ritmo acelerado na próxima década. É uma consequência da transformação digital pela qual passa também o setor saúde”, afirma Fabrício Campolina, diretor sênior de Healthcare Transformation. “O projeto 1000 DEVs visa suprir essa necessidade do mercado qualificando pessoas para as vagas que não teriam essa oportunidade”.  

“A carência de profissionais na área de tecnologia é um dos principais gargalos do Brasil já há algum tempo. No último ano, em função da pandemia, tivemos uma intensificação desse cenário. A digitalização foi acelerada nas mais diversas indústrias e faltam profissionais para atender a esta demanda crescente. Como um player importante do ecossistema de inovação nacional, entendemos que tínhamos de auxiliar as empresas diante deste desafio”, comenta Gustavo Araujo, CEO do Distrito. “Nos juntamos à mesttra e à Johnson & Johnson Medical Devices nesta empreitada e esperamos que outras grandes empresas possam colaborar, financiando novas edições do programa”, completa.

A Johnson & Johnson Medical Devices será a patrocinadora da primeira turma que formará 80 jovens como programadores para atuar no setor da saúde, batizada de “Talentos para o Bem na saúde”. O objetivo é expandir o projeto para impactar até mil jovens por meio de empresas madrinhas, que irão patrocinar novos alunos e oferecer vagas para os formados. As empresas que se interessarem em participar como madrinhas, poderão se inscrever pelo site www.materiais.distrito.me/talentos-para-o-bem

Lançamento 1000 DEVs

O lançamento do programa “1000 DEVs – Talentos para o bem na saúde” acontecerá no dia 20 de maio, com um Webinar no canal do Youtube do Distrito, às 18h.

Acompanhe ao vivo:

[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][/et_pb_section]

Posts recomendados

Acesse o blog arrow