arrow Voltar
Aplicações da Inteligência Artificial Jurídica

Aplicações da Inteligência Artificial Jurídica

O texto foi enviado pela equipe da Impeto informática A inteligência artificial é uma das tecnologias inovadoras que mais crescem hoje em dia. Há pouco tempo atrás, quem se aproveitava de seus benefícios era considerado um inovador e estava à frente da curva no mundo de negócios.  No entanto, de acordo com uma pesquisa da […]

27 de maio de 2020 4 min de leitura
time

Artigo atualizado 27 de maio de 2020

O texto foi enviado pela equipe da Impeto informática

A inteligência artificial é uma das tecnologias inovadoras que mais crescem hoje em dia. Há pouco tempo atrás, quem se aproveitava de seus benefícios era considerado um inovador e estava à frente da curva no mundo de negócios. 

No entanto, de acordo com uma pesquisa da IFS Applications, 90% dos líderes de empresas ao redor do mundo têm planos para a adoção da I.A nos mais diversos setores da empresa.

Ou seja, não é mais um diferencial começar a investir nessa tecnologia, é uma necessidade para se manter competitivo no mercado.

A I.A. é extremamente flexível, e por isso pode ser aproveitada em muitos setores diferentes de uma empresa. De escritórios a fábricas, algumas das aplicações mais comuns são na indústria, atendimento ao cliente, gestão de processos, etc.

No entanto, um setor que vem entendendo cada vez mais os benefícios da I.A é a área jurídica das empresas.

Quais os benefícios da inteligência artificial no setor jurídico das empresas?

Antes de entender as aplicações, podemos parar para entender exatamente o que a adoção dessa tecnologia no setor jurídico pode trazer para o trabalho

Produtividade

Um dos principais benefícios da inteligência artificial é o ganho de produtividade. Isso porque a I.A realiza tarefas manuais mais rapidamente do que as pessoas. Assim, os profissionais podem se dedicar a tarefas mais complexas e que trazem resultados mais expressivos.

Aumento da receita

Com o aumento da produtividade e de tempo para os profissionais, e o baixo custo de implementação e manutenção de uma solução levam a um aumento de receita.

Melhora na qualidade de trabalho

A melhora na qualidade de trabalho vem de uma maior dedicação dos profissionais do setor em atividades de qualidade. Por exemplo, planejamento estratégico e data analytics, que é a análise de dados do setor para tomar decisões bem informadas.

Aumento de precisão

A precisão do trabalho se deve ao trabalho da I.A., que consegue analisar e trabalhar com a perfeição de máquina ao lidar com muitos dados. Uma preocupação de qualquer profissional é lidar ou fazer análises incorretas de dados, que não acontece usando uma inteligência artificial.

Como aplicar a inteligência artificial no setor jurídico das empresas?

O setor jurídico em si também tem muitas ramificações, e cada uma tem suas próprias dificuldades que podem ser minimizadas com a I.A. Seguem abaixo os setores que mais se beneficiam dessa solução e como uma empresa pode aplicar.

Big data

Os dados são o maior ativo das empresas hoje em dia. No entanto, hoje temos à disposição quantidades tão imensas de dados que não conseguimos fazer a gestão deles de uma forma que fiquem utilizáveis.

A big data usa a inteligência artificial para segmentar, caracterizar e ordenar dados em grandes escalas. Assim, é possível analisar todas essas informações de forma mais simples e transformá-los em oportunidades de negócios.

Além disso, o setor jurídico consegue tem um maior controle e organização de dados, como informações financeiras e documentos relevantes que podem se perder em meio a tanta informação.

Atendimento

O setor jurídico é um pilar de comportamento para a empresa e seus funcionários. Por isso, recebe muitas perguntas e tem que atender muitas pessoas com questionamentos sobre comportamento, contratos, etc.

No entanto, muitas dessas perguntas são dúvidas comuns compartilhadas por muitas pessoas. E cada vez que um funcionário precisa entrar em contato com o jurídico, é um tempo desperdiçado.

Os chatbots armazenam informações e perguntas frequentes e podem responder todas essas dúvidas corriqueiras, além de fazer sugestões. É uma tecnologia de relativa fácil implementação, e economiza muito tempo (portanto, dinheiro), da equipe jurídica. 

Compliance e integridade

O compliance tem ganhado cada vez mais espaço no setor jurídico das empresas. Apesar de dialogarem, o compliance tem outras prioridades e desafios que também podem se beneficiar da inteligência artificial.

Seu propósito é garantir que a empresa e os funcionários estejam agindo dentro das leis, e mitigar possíveis riscos a infrações. É uma área que tem ganhado muito destaque no combate à corrupção a partir da Lava Jato e da Lei Anticorrupção.

Além da corrupção, empresas ainda precisam estar conformes muitas legislações ambientais, trabalhistas, financeiras, etc. Alguns usos da I.A sessa área são:

Monitoramento de legislação

A inteligência artificial pode ser usada no compliance para monitoramento de legislação, uma tarefa árdua e difícil no Brasil principalmente devido à grande quantidade de leis no país e na constante criação de novas legislações.

Algoritmos podem ser usados para varrerem fontes confiáveis e categorizar novas normas, legislações e projetos de lei. Isso mantém a equipe de compliance sempre atualizada.

Canal de denúncias

O canal de denúncias é uma ferramenta imprescindível para o compliance. Nem sempre os profissionais da área conseguem ter olhos em tudo, e ao receber denúncias ampliam as chances de identificarem comportamentos ilícitos.

No entanto, quanto maior a empresa, maior a quantidade de denúncias não só para receber, como para apurar e investigar. Ou seja, maior o investimento em profissionais para receberem denúncias e tempo gasto com a investigação.

A inteligência artificial pode fazer muito da parte manual. Por exemplo, receber denúncias por telefone ou por mensagem, identificar informações incompletas ou incoerentes, ou classificar por tipo de denúncia.

O tema da inteligência artificial na integridade será explorado no evento online Compliance Talks. 

Depois de edições presenciais em São Paulo e Belo Horizonte, o evento gratuito vai levar a técnica e a prática ao ambiente virtual em parceria com a Potencial Compliance e o Distrito. Inscrições para as duas partes, nos dias 28/05 e 04/06 podem ser feitas no site: www.compliancetalks.com.br.

Eaí, já conferiu nosso canal no youtube?

Mais lidos

Compartilhar
Editoriais
  • Aceleração
  • Cases
  • Corporações
  • Cultura de inovação
  • CVC
  • D4S
  • Ecossistema e conexão
  • Estratégias
  • Eventos
  • Ferramentas e processos
  • Governança
  • Hubs
  • M&A
  • Partnership
  • Programas
  • Squads
  • Startups
  • Techboard
  • Tecnologia
  • Tendências
  • Transformação Digital

Posts recomendados

Acesse o blog arrow