Você provavelmente já ouviu falar do termo Community Manager, principalmente se for empreendedor de uma startup, investidor ou grande empresa. Um profissional da área é cada vez mais requisitado . É tarefa dele lidar com os diferentes tipos de comunidade que se relacionam com uma organização.

Então, uma dica interessante, até como pesquisa de mercado, é: vá no Linkedin e procure pelo termo Community Manager. Vá nos perfis, veja o que as pessoas colocam sobre suas atividades e como executam. Assim, entenda o histórico profissional, a formação e as experiências.

Tudo isso é extremamente importante para você, empreendedor e/ou investidor, para entender como é esse mercado. Inclusive para quem também trabalha na área de Community Management é essencial também fazer isso.

Portanto, não esqueça de olhar o mercado. Saiba como funciona em outras empresas e qual a relação do negócio com a comunidade que se relaciona.

O que faz um Community Manager

Dessa forma, é hora de seguir adiante e entender o que um Community Manager faz.

Resumindo, o Community Manager é aquele que irá se relacionar com a comunidade de uma organização. Em primeiro lugar, é preciso entender o que é uma comunidade.

Para o Head de Community do Distrito, Emiliano Agazzoni, muitas vezes se confunde comunidade com um simples grupo de pessoas. “Além disso, confunde-se a arte de relacionar-se com pessoas com um equivalente à comunidade. Comunidade é muito mais do que isso. É algo mais complexo que requer planejamento e uma constante estratégia de engajamento com seus membros”, afirma.

Assim, é sempre bom exemplificar. Imagine uma empresa que tem uma plataforma digital que conecta um grupo de pessoas interessadas num serviço com quem irá prestar esse serviço.

Dessa forma, temos uma comunidade se formando. O Community Manager será o responsável por lidar com esse ecossistema. Fazer o relacionamento. Participar da linguagem e ser a pessoa que cuida disso.

Não confunda Community Manager com Customer Success

O Customer Success é responsável pelo atendimento ao cliente. Em resolver um problema, atender um chamado, compreender o que está acontecendo de errado com determinado serviço ou produto.

O Community Manager não cuida disso. É responsável muito pela parte de interlocução. A função se encaixa em determinados tipos de empresa, que precisam lidar com uma comunidade.

Por exemplo, no Distrito, o Community Manager precisa articular as conexões com as startups, as empresas e os investidores. Ele vai ser o responsável por construir, fomentar e estimular toda a comunidade.

Isso acontece por meio de várias práticas, como por exemplo, os rituais que são realizados. Como, por exemplo, o dia da pipoca, happy hours e encontros específicos.

Portanto, é até interessante que seja explicado o que um Community Manager do Distrito faz para que você compreenda melhor.

O que faz um Community Manager do Distrito?

Para ajudar com este tópico do texto, nada melhor do que ter a ajuda do responsável pela comunidade do Distrito. Agazzoni ajudou a elaborar o trecho abaixo deste artigo. O intuito é explicar o que faz um Community Manager nos nossos espaços de inovação.

Cada comunidade deve ter um time líder que conduz a estratégia de engajamento de todos os membros. No Distrito, o líder da comunidade é o Community Manager, que lidera o time de comunidade do campus e coordena todas as ações que definem a organização da comunidade.

O Community Manager deve amar o propósito da empresa. Precisa ser uma pessoa intensa no dia a dia e na hora de levar novos projetos para frente. Deve ter empatia com cada membro da comunidade. Deve promover a transparência, o respeito e a sinceridade com os residentes e equipe interna que lidera a comunidade. Ele é o responsável por materializar o sentimento dos membros dos espaços de pertencer a algo maior, uma grande família de empreendedorismo.

Escopo de trabalho

O Community Manager do Distrito é a pessoa de referência para articular as conexões com as startups, as empresas e os investidores. Essa pessoa deve ter uma excelente habilidade de relacionamento interpessoal, excelente comunicação e impecável presença. Ele é responsável por disseminar a cultura da colaboração na comunidade. Colaboração significa que os residentes se ajudam entre si. O Community Manager é quem vai facilitar essa troca de conhecimento e intercâmbio.

Ele pode gerenciar a agenda de eventos, meetups, workshops, palestras e reuniões com pessoas-chaves do ecossistema local. Vai incentivar as startups residentes a criarem conteúdo em formato de eventos para os espaços de inovação, como também pessoas e empresas de fora do espaço que sejam parte da comunidade.

Algumas das rotinas diárias de um Community Manager dentro de um espaço de inovação são:

  • Recepção e atendimento de visitantes e residentes;
  • Relacionamento com residentes;
  • Organização das salas de reuniões e auditórios para eventos;
  • Criação de um calendário mensal de eventos;
  • Promover o encontro de residentes por meio de rituais de comunidade;
  • Mensuração dos resultados e atividades;
  • Visar pela satisfação dos residentes respeito à infraestrutura do espaço e qualidade de interações em comunidade.

Grandes empresas possuem Community Managers

Companhias que se relacionam com diferentes públicos, que precisam ter um contato mais humano e próximo, devem ter uma gestão dessa comunidade.

Não é toda empresa que tem uma área dedicada à comunidade. Mas quando você lida com diferentes públicos, que interagem entre si, a ponto de formar uma comunidade, com uma cultura própria, aí você vai precisar de um Community Manager.

Seguindo até a lógica do que foi comentado no começo do artigo. Se você buscar, na rede profissional Linkedin, por profissionais da área, irá encontrar muitas empresas que possuem seus próprios Community Managers. Como, por exemplo, Nubank, Mandaê, Uber, Rappi, entre tantas outras empresas.

Os Community Managers são parceiros das empresas e dos profissionais de inovação

Uma empresa, que quer inovar ou está em processo de inovação, precisa estar em contato com os Community Managers. Afinal, eles são os interlocutores e a ponte para essa companhia se relacionar com a comunidade que ela quer.

Por exemplo, um profissional focado em Inovação Corporativa ou Diretor de empresa, que quer se relacionar com startups ou investidores, normalmente irá se aproximar e conversar com os Community Manager do Distrito.

Assim, os responsáveis por gerenciar toda a cadeia e comunidade dos espaços de inovação do Distrito saberão indicar, fazer a ponte e dar dicas de quem daquele ecossistema pode ser interessante para aquela ocasião.

É interessante até citar casos que aconteceram aqui no próprio Distrito. Em nossa matéria de Business Hacking, em que explicamos todo o conceito por trás do termo, falamos do trabalho de um Business Hacker e o que é feito no Distrito.

E, assim, um dos leitores do artigo entrou em contato com nossa equipe para saber mais do trabalho que é realizado por aqui. Isso é comunidade também. Não são apenas os Community Manager os responsáveis por isso e, sim, toda a estrutura da empresa que deve estar aberta a essa troca e relacionamento.

Portanto, se quiser conhecer mais e conversar com nossos Community Managers, é mandar uma mensagem para gente que entramos em contato!