Mais de 60% das startups paranaenses atendem somente empresas, ou seja, são B2B. Isso significa que elas são focadas em prover soluções e serviços para outras companhias. Em estudo recente realizado pelo Distrito Dataminer foram mapeadas mais de 500 startups do Paraná. O objetivo é fazer um levantamento detalhado sobre o ecossistema da região.

Conforme o gráfico abaixo, apenas 20% das startups são focadas em atender o consumidor final. Vale ressaltar que 77% dessas companhias se relacionam de alguma forma com o público B2B.

Quero o estudo completo

O que também chama atenção é que mais de 80% de todas as startups paranaenses têm 20 funcionários ou menos. Além disso, mais da metade não chega a passar de 5. Menos de 10% das empresas contam com mais de 50 funcionários.

Comparações com o estudo anterior

Em 2018 fizemos um mapeamento do estado paranaense, com 199 startups mapeadas. Um ano após, para atualizar todo o estudo e trazer uma análise mais completa, passamos para mais de 500 startups. Isso representa mais que o dobro do mapeamento anterior.

Chegamos a alguns dados interessantes sobre todas as startups do Paraná e como a região evoluiu.

Onde fica o Brasil neste cenário

O Brasil, apesar de ocupar o posto de 9ª maior economia do mundo, ainda precisa evoluir muito quando o assunto é startups e desenvolvimento de negócios. É certo que, em 2018, subimos cinco posições no Índice Global de Inovação, chegando à 64ª colocação. Mas, considerando que, mesmo na América Latina, o país ainda não está entre os top 3 do tema, ainda há muito a conquistar.

Porém, a boa notícia é que, sim, o Brasil que inova existe, e uma recente onda de empreendedorismo com uso de tecnologia de ponta promete agitar os próximos capítulos dessa história.

Quer um estudo completo do seu setor? Saiba mais!

O Paraná e sua importância para o Brasil

Nesse contexto, a região Sul tem sido extremamente relevante, e o Paraná um ótimo exemplo, com diversos cases de sucesso. Aproveitando as oportunidades geradas por sua proximidade aos países do Mercosul, o estado possui um quadro econômico, social e populacional equilibrado, com uma constante busca de modernização agrícola e industrial, e é destaque como um dos mais importantes polos automotivos do país.

Dessa forma, mesmo diante da recessão econômica, combinando incentivos privados e públicos, o estado paranaense desenvolveu um ecossistema dinâmico e de crescimento acelerado, com uma população que demanda e abraça novas formas de negócio.

Portanto, nesta segunda versão do ParanáTech Mining Report, você pode entender com mais profundidade o que aprendeu em nosso estudo anterior e descobrir quais fatores se alteraram após um ano. Foi possível acompanhar o crescimento/mortalidade dos negócios, gerar novos indicadores e realizar uma análise específica dos processos e perfis envolvidos.

Ficou dúvida? Quer conhecer mais sobre o Distrito? Entre em contato!