arrow Voltar

Community Summit 2022: um evento sobre comunidades e experiência do cliente

Nessa última quinta-feira, 27, aconteceu o Community Summit 2022, um evento online e ao vivo sobre comunidades digitais e a importância de proporcionar uma boa experiência para os clientes. O evento contou com algumas das principais vozes do Brasil sobre inovação aberta e transformação digital de grandes empresas, que compartilharam com o público a sua […]

31 de janeiro de 2022 3 min de leitura
time

Artigo atualizado 31 de janeiro de 2022

Nessa última quinta-feira, 27, aconteceu o Community Summit 2022, um evento online e ao vivo sobre comunidades digitais e a importância de proporcionar uma boa experiência para os clientes. O evento contou com algumas das principais vozes do Brasil sobre inovação aberta e transformação digital de grandes empresas, que compartilharam com o público a sua experiência através de cases, dados e análises.

O Community teve como patrocinador a Dell Technologies, cujo programa de benefícios oferece relacionamentos e ações conjuntas para mais de oitenta associações empresariais e parceiros estratégicos. Membros associados do Distrito ainda têm direito a cupons de desconto de até R$ 1.200,00 por equipamento e cumulativos com outras ofertas do site da Dell. Para resgatar esses cupons, basta acessar a página dell.com.br/distrito, onde estarão todos os códigos disponíveis e as instruções de como aplicá-los. Para verificar se a sua associação ou empresa é elegível para o programa, entre em contato através do e-mail [email protected]

Se você perdeu o Community Summit 2022 ou gostaria de rever algum painel, aí vai o vídeo completo do evento! 👇

Entre as pautas do Community, estava o papel das comunidades de inovação para a jornada de transformação digital das empresas. O painel teve a participação de representantes do iFood, da Natura e da Amazon, que contaram como as suas empresas se relacionam com os diversos agentes do ecossistema de tecnologia para se manter atualizadas dentro dos seus respectivos mercados.

No entanto, o que é uma comunidade de inovação? O termo se refere a grupos formados por pessoas que querem compartilhar conhecimentos a respeito de determinados temas, com o objetivo de encontrar soluções para as dificuldades que enfrentam no dia a dia. Enquanto algumas corporações procuram formar comunidades internas, entre seus próprios colaboradores, outras já estimulam a participação dos seus clientes, startups, hubs, parceiros e até mesmo universidades. 

De acordo com Marie Timoner, head de desenvolvimento de negócios nas Lojas Renner: “O compartilhamento de experiências enriquece o repertório de cada um da comunidade. Vivemos um momento muito único e sem benchmark no conceito de inovação e conexões com o ecossistema. Desta forma, o aprendizado de um pode ser o melhor resultado de outro.”

Também vale lembrar que o conceito de comunidade de inovação está ligado ao de open innovation, que parte da ideia de que, por mais recursos que uma organização possua, ela não será capaz de acompanhar as vertiginosas transformações que as economias modernas estão testemunhando atualmente. A contribuição de pessoas de fora, com outros olhares e experiências, pode muito bem ser a chave para descobrir a resposta para um problema que uma empresa quer solucionar.

Uma das comunidades de inovação mais conhecidas e bem-sucedidas no mundo é o Campus Google, que possui um programa de residência para startups selecionadas e apoio para o desenvolvimento e acesso a recursos, especialistas e parceiros globais da própria big tech

Outro painel da live teve como tema o branding community, e reuniu colaboradores das gigantes RD Station, recentemente adquirida pela Totvs, e 99, primeira startup a atingir valor de mercado de US$ 1 bilhão no Brasil e se tornar um unicórnio. Também esteve presente a Gama Academy, startup de educação que oferece cursos de programação, design, marketing e vendas. 

Os convidados dividiram algumas das práticas adotadas pelas suas respectivas empresas para engajar o consumidor e fortalecer a conexão com as suas marcas. Uma estratégia de brand community bem elaborada faz com que os clientes se relacionem com a sua organização para além dos produtos ou serviços que ela oferece, tornando-se eles próprios promotores do seu negócio.

Quando um cliente é apaixonado por uma marca, as chances de ele divulgá-la em suas redes sociais é muito maior. Basta imaginar o nível de engajamento dos membros de grupos de afinidade no Facebook para se ter uma ideia da enorme vantagem que é para uma empresa trabalhar o relacionamento com os seus consumidores. Uma companhia conhecida particularmente por seu brand community é a Starbucks Coffee, que se esforça para criar um ambiente acolhedor em cada uma de suas lojas, inclusive chamando os clientes pelo nome.

E a sua empresa, está por dentro desse movimento? Com o avanço da tecnologia, também surgem novos modelos de negócio, levando empresas tradicionais a perderem espaço no mercado. O Distrito promoveu o Community Summit 2022 para você ficar por dentro do que as principais corporações e startups brasileiras estão fazendo para criar e manter ativas as suas comunidades. Não deixe de conferir esse e outros diversos eventos online em nosso canal no YouTube!

Posts recomendados

Acesse o blog arrow