arrow Voltar
10 livros sobre inovação para ler em 2022

10 livros sobre inovação para ler em 2022

Selecionamos 10 livros sobre inovação para ajudar sua jornada de inovação a decolar!

26 de maio de 2022 6 min de leitura
time

Artigo atualizado 26 de maio de 2022

[et_pb_section admin_label=”section”] [et_pb_row admin_label=”row”] [et_pb_column type=”4_4″][et_pb_text admin_label=”Text”]

Selecionamos 10 livros sobre inovação para ajudar sua jornada de inovação a decolar!

Assim como qualquer outra responsabilidade da sua vida social ou profissional, estudar materiais extra de apoio são uma ótima maneira de se manter atualizado sobre o tema e também incentivar o hábito da leitura. Essa etapa de estudos está presente em quase todas rotinas de grandes personalidades empreendedoras, como Steve JobsBill Gates – que tinha uma média anual de leitura de 50 livros. 

Para quem deseja se aprofundar no universo da inovação, a disponibilidade de livros, ebooks, podcasts e documentários que tratam do assunto é infinita. E justamente por existir tantos materiais de apoio tão massivo, escolher por onde começar pode ser uma tarefa difícil.

Pensando em você, que quer ir além do básico na hora de aprender sobre inovação, nós fizemos uma lista com 10 livros essenciais para a sua jornada, e ainda citamos outras fontes de conhecimento na área.

O Dilema da Inovação – Clayton M. Christensen

(Fonte: Divulgação)

Um verdadeiro clássico do universo da inovação, O Dilema da Inovação foi lançado em 1997 e até os dias de hoje ainda serve como um guia para aqueles que estão iniciando na área. Por meio de exemplos de empresas que falharam e que conseguiram sobreviver à nova revolução digital, Clayton Christensen resume os conceitos de inovação radical e incremental, além de auxiliar o empreendedor a entender quando é coerente ouvir o consumidor, quando investir no desenvolvimento de novos produtos, e quando buscar novos mercados que ainda não foram explorados.

A regra é não ter regras – Reed Hastings e Erin Meyer

(Fonte: Divulgação)

Apesar de hoje em dia a Netflix estar sofrendo com a queda de assinantes, e consequentemente com a sua desvalorização na bolsa de valores, por muito tempo ela foi a empresa-modelo quando se falava em inovação disruptiva. Em “A Regra é Não Ter Regras”, o cofundador e CEO da empresa, Reed Hastings colabora com a autora e especialista Erin Meyer para explicar como foi o processo de construção da cultura da empresa e como ela se tornou um exemplo global no mercado.

Lunáticos –  Safi Bahcall

(Fonte: Divulgação)

A frase “pensar fora da caixa” é um cliché que todo mundo que trabalha na indústria criativa já ouviu. O cenário não muda para quem está no universo da inovação: é preciso olhar para o mercado sempre com uma nova perspectiva, sob uma nova ótima, e com uma abordagem diferenciada. Mas qual é a linha entre o inovador e o esdrúxulo? No livro “Lunáticos”, o físico Safi Bahcall propõe que empresas adotem as ideias mais ousadas, e mostra como ser arrojado permite que corporações se tornem agentes da inovação, e não as vítimas.

DNA do inovador – Jeff Dyer, Hal Gregersen e Clayton M. Christensen

(Fonte: Divulgação)

O que os líderes das maiores empresas do mundo têm em comum? Esse ponto recorrente na carreira dessas pessoas se trata de uma característica social, trajetória acadêmica, ou metodologia de trabalho? Em “DNA do inovador: dominando as 5 habilidades dos inovadores de ruptura”, os autores Jeff Dyer, Hal Gregersen e Clayton M. Christensen foram em busca da resposta dessa questão e entrevistaram fundadores de empresas como  Apple, Amazon, Google e Skype. O que eles concluíram foi que todas essas grandes personalidades compartilhavam de cinco habilidades que os destacavam de outras pessoas, e em cada capítulo do livro, os autores dão detalhes de como desenvolver cada uma dessas competências.

Fazendo a inovação acontecer –  Rivadávia Drummond

(Fonte: Divulgação)

O caminho entre entender a inovação e saber como aplicá-la por ser longo e tortuoso. Por isso , Rivadávia Drummond escreveu o livro Fazendo a inovação acontecer: Um guia prático para você liderar o crescimento sustentável de sua organização” para que executivos e empreendedores entendam o passo a passo do antes, durante, e depois da implementação de métodos de inovação em suas empresas, além de trazer também recursos como  modelos de estratégia, execução e ferramentas tanto para fazer acontecer como para medir o resultado das mudanças.

Design Thinking –  Tim Brown

(Fonte: Divulgação)

Pensar em novas ideias e soluções pode não ser tão fácil como se imagina, principalmente quando o objetivo é criar um novo produto do zero. Ser criativo é uma das soft skills que são muito importantes em processos como esses, mas a criatividade por si só não é suficiente. O processo de design thinking surgiu justamente com o objetivo de ser um guia de como pensar em novas estratégias de maneira inovadora e nunca antes vista. Nesse livro, Tim Brown  auxilia líderes criativos a descobrirem novas alternativas para os negócios e para a sociedade como um todo.

Os Inovadores – Walter Isaacson

(Fonte: Divulgação)

O conceito de inovação aplicado ao mercado surgiu nas últimas três décadas, mas muitos anos antes do surgimento da internet, e inovação disruptiva já era aplicada.  Desde a invenção da lâmpada, até o desenvolvimento dos primeiros algoritmos de programação por Ada Lovelace, Walter Issacson explora a personalidade de grandes inventores que há séculos atrás criaram as primeiras ferramentas para que hoje em dia pudéssemos testemunhar a transformação digital. Ao longo do livro, o autor aborda tópicos como o que fez com que esses inventores concretizassem tais avanços criativos, e o porquê alguns foram bem-sucedidos e outros falharam

De onde vêm as boas ideias – Steven Johnson

(Fonte: Divulgação)

Uma pessoa criativa conseguiria desenvolver soluções inovadoras em qualquer ambiente? Para responder essa pergunta, o autor Steven Johnson escreveu o livro “De onde vêm as boas ideias: Uma breve história da inovação”. E spoiler: segundo o autor, grandes inovações criadas pela humanidade não resultam de prodigiosos talentos individuais ou de mentes superiores isoladas, mas de ambientes propícios onde possam florescer. Neste livro, você vai encontrar formas de fazer com que seu ambiente de trabalho ou desenvolvimento pessoal seja um terreno fértil para que novas ideias criativas surjam.

A cultura da experimentação – Cristina Yamagami

(Fonte: Divulgação)

Um dos pilares da inovação é a adoção da cultura de testes, que, de modo breve, significa permitir que os colaboradores possam experimentar novos projetos e soluções com mais liberdade criativa. Essa é a tese defendida pelo professor Stefan H. Thomke, que defende que a cultura de experimentação é a melhor maneira de impulsionar a inovação em empresas, por que além de dar uma vantagem competitiva frente aos concorrentes, ainda permite que as corporações entendam melhor o mercado e possam estudar a reação do seu público-alvo diante as versões de teste dos produtos.

Dez Tipos de Inovação – Larry Keeley

(Fonte: Divulgação)

Se você já é familiarizado com o conceito de inovação, já deve saber que ela não é uma concepção fixa e imutável. Existem diversos tipos de inovação, e infinitas maneiras de abordá-la em seus negócios. Nesse livro, Larry Keeley te ensina a olhar além da inovação em produtos e examinar nove outros tipos de inovação extremamente eficazes, os quais você pode associar para obter vantagem competitiva. Este livro apresenta esquematicamente novas maneiras de pensar e evidencia as ações que possibilitam que equipes ou empresas inovem repetidamente.

Extra: Outras maneiras de aprofundar seus estudos

Por mais que a leitura seja um dos métodos mais eficientes de estudar sobre o ecossistema da inovação, não há como negar que esse é um hábito que demanda tempo, alta concentração e dedicação. No entanto, isso não é desculpa para não estudar sobre o assunto, uma vez que a inovação é um tema discutido em diversas outras mídias. 

Se esse for o seu caso, não deixe de conferir esses outros canais de informações sobre inovação:

  • TEDTalks: rápidos, concisos e diretos ao ponto, as TEDTalks podem ser assistidas (ou ouvidas) em pequenos intervalos de tempo. Além de sempre serem apresentadas por especialistas, essas pequenas palestras são recheadas de dicas e exibições de tendências.
  • Podcasts: esses são ideais para quem passa muito tempo no trânsito ou têm tarefas mais manuais no trabalho. Com um catálogo infinito de assuntos, você pode encontrar desde tendências sobre o seu setor da indústria, até conversas com fundadores e CEOs de grandes empresas.
  • Newsletters: se você é o tipo de pessoa que checa o email pelas primeiras horas da manhã, as newsletters podem ser o formato ideal de aquisição de novos conhecimentos. O Distrito, por exemplo, dispara semanalmente o Distrito Inside News gratuitamente para os seus assinantes.

Se você quer ser o primeiro a saber sobre tendências, dados e cases de sucesso do mercado, inscreva-se gratuitamente no Distrito Inside News.



[/et_pb_text][/et_pb_column] [/et_pb_row] [/et_pb_section]

Posts recomendados

Acesse o blog arrow