arrow Voltar
Distrito é eleito o melhor hub de inovação do Brasil pela ABStartups

Distrito é eleito o melhor hub de inovação do Brasil pela ABStartups

O Distrito, maior plataforma de inovação aberta de startups do Brasil, foi eleito o melhor hub de inovação do Brasil pela Startup Awards 2020, mais importante premiação do setor, também conhecido como o Oscar das Startups. Organizada pela Associação Brasileira de Startups, a iniciativa tem como objetivo reconhecer os profissionais e empresas mais influentes deste […]

29 de outubro de 2020 3 min de leitura
time

Artigo atualizado 29 de outubro de 2020

O Distrito, maior plataforma de inovação aberta de startups do Brasil, foi eleito o melhor hub de inovação do Brasil pela Startup Awards 2020, mais importante premiação do setor, também conhecido como o Oscar das Startups. Organizada pela Associação Brasileira de Startups, a iniciativa tem como objetivo reconhecer os profissionais e empresas mais influentes deste universo. Atualmente, o Distrito possui cerca de 300 startups residentes, concentradas em 13 estados brasileiros.

As jovens empresas têm como apoio um programa digital para acelerar os negócios e, para aquelas que também precisam do espaço físico, o Distrito possui quatro hubs, dos quais três estão localizados em São Paulo e um em Curitiba.

“O principal valor dos hubs de inovação está nas conexões e nas oportunidades de negócios geradas entre as startups, as grandes empresas, os investidores e também a academia. Além da comunidade em si, o Distrito possui outras três frentes de negócio que complementam este pacote que oferecemos às startups e potencializam o seu alcance”, pontua Gustavo Araujo, cofundador e CEO do Distrito. “Sem dúvida alguma, este prêmio é o reconhecimento do sucesso deste formato e gostaríamos de agradecer as mais de 60 empresas que hoje investem em inovação aberta através do Distrito”, reforça Araujo, referindo-se aos braços de inovação corporativa, investimentos e inteligência de dados da companhia.

Distrito for Startups

A migração para o universo digital era um  projeto que já estava nos planos do Distrito, mas que acabou sendo acelerado pela pandemia. Atualmente, a empresa possui um time e uma estrutura que permite a qualquer startup, independentemente de sua localização, se conectar a seu ecossistema. 

Recentemente, a companhia lançou o Distrito for Startups, um programa de desenvolvimento contínuo destas empresas, que tem como intuito auxiliar as novatas residentes, dos mais diversos estágios, a superar todos os seus desafios, ajudar em suas vendas e divulgação, atrair investimento, fazer a gestão de seus negócios, além de abrir as portas para novas parcerias, entre outros benefícios. Com um acompanhamento mais próximo, o empreendedor tem acesso a treinamentos de negócios e uma orientação com mentores reconhecidos pelo ecossistema.   

“Apoiar estes empreendedores e ajudá-los a desenvolver a inovação é fomentar também a criação de novos empregos e a geração de renda e de conhecimentos, fatores que, juntos, podem trazer soluções para uma série de problemas de nossa sociedade. É nisto que acreditamos e é isto que nos impulsiona a chegarmos cada vez mais longe, atingindo e apoiando startups de todo o Brasil”, completa Lilian Natal, que coordena o programa do Distrito.

Sobre o Distrito

Fundado em 2014, o Distrito é uma empresa que tem como objetivo acelerar a produção de tecnologia e inovação no Brasil por meio do ecossistema de startups do país. Com um modelo de negócios inédito, atua em quatro frentes complementares: inovação corporativa, investimentos, hubs de inovação e inteligência de dados. Através da sinergia entre estas unidades de negócio e do forte apoio a seu ecossistema, o Distrito auxilia as startups a terem sucesso, as empresas a se transformarem e os investidores a gerarem retornos exponenciais.

Os hubs de São Paulo são os Fintech, Adtech e Healthtech – voltados às comunidades de finanças, comunicação e saúde, respectivamente. Este último, o Distrito InovaHC, é um projeto realizado em parceria com o Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo. A quarta unidade, de perfil mais abrangente, é o Distrito Spark CWB, instalado na capital paranaense. 

Posts recomendados

Acesse o blog arrow