arrow Voltar
Transformação digital do varejo: entrevista inédita com fundador da VTEX

Transformação digital do varejo: entrevista inédita com fundador da VTEX

O ano de 2020 foi extremamente significativo para as retailtechs, que foram responsáveis por captar US$ 678 milhões (volume recorde e 30% superior ao de 2019). Uma dessas startups foi a VTEX, que ultrapassou o valor de mercado de US$ 1 bilhão de reais após o aporte de US$ 225 milhões liderado pelos fundos Tiger […]

17 de fevereiro de 2021 7 min de leitura
time

Artigo atualizado 17 de fevereiro de 2021

O ano de 2020 foi extremamente significativo para as retailtechs, que foram responsáveis por captar US$ 678 milhões (volume recorde e 30% superior ao de 2019). Uma dessas startups foi a VTEX, que ultrapassou o valor de mercado de US$ 1 bilhão de reais após o aporte de US$ 225 milhões liderado pelos fundos Tiger Global Management, Lone Pine Capital, Softbank e Constellation.

Após 21 anos desde a sua fundação, a VTEX demonstra o quanto o mercado está de olho em startups que, de fato, investem em soluções tecnológicas para atender o varejo. A empresa  fornece softwares para e-commerce no modelo Software como Serviço (SaaS) e soluções omni-channel, possibilitando que empresas de diversos tamanhos e segmentos passem a oferecer seus produtos e serviços em canais online.

Hoje, a startup opera em mais de 42 países e possui mais de 3000 empresas como clientes, sendo reconhecida como uma das líderes globais em soluções tecnológicas para o e-commerce. Na contramão de outros unicórnios brasileiros, que nasceram nos últimos anos, a VTEX foi fundada em 1999 e possui uma trajetória consolidada associada ao seu modelo disruptivo e de experimentação.

lém disso, como parte da estratégia de posicionamento e crescimento, a VTEX tem adquirido outras startups focadas em logística e inteligência artificial de modo a consolidar-se como a plataforma referência global de e-commerce

Entrevista completa com Mariano Gomide – Founder da VTEX

Confira abaixo a entrevista completa que Mariano Gomide concedeu ao Distrito Corrida dos Unicórnios 2021, o maior e mais completo estudo sobre o tema e veja quais são as 17 startups brasileiras favoritas a ocuparem esse título e alcançarem valor de mercado superior a US$ 1 bilhão antes mesmo de abrirem seu capital na bolsa de valores, ou seja, realizar o IPO.

Conheça um pouco mais sobre Mariano Gomide

Mariano Gomide de Faria possui 20 anos de experiência em comércio eletrônico participando em centenas de projetos de transformação digital. Fundou a VTEX em 2000, uma empresa global de tecnologia com foco em comércio eletrônico, junto com seu amigo de faculdade Geraldo Thomaz.

Palestrante internacional, já teve participações em eventos como IRX (Reino Unido), Shoptalk (Copenhagen), eShow (Barcelona), entre outros. Mariano também é responsável por liderar o curso de transformação digital no Instituto Europeu de Gestão de Comércio Eletrônico no Moller Centre, EICOM, na Universidade de Cambridge na Inglaterra.

  1. A VTEX foi fundada em 2000 e se tornou um unicórnio em 2020 – 21 anos depois. Como era o modelo de negócios no começo e como ele funciona hoje? 

A VTEX nasceu logo após Geraldo e eu termos nos formado em Engenharia Mecânica na UFRJ – Universidade Federal do Rio de Janeiro. Tínhamos um mantra: “Se você quer ser alguém, você precisa fazer parte da formação de algo“. A ideia nasceu do problema vivido pelo sogro de Geraldo na época. Dono de uma pequena confecção, ele precisava pegar o carro todo mês e ir até São Paulo para retirar os pedidos, voltar para a confecção e, então, fazer as entregas. Olhando para esse desafio, repetido todo mês, pensamos: não é possível que não dê para fazer isso usando a internet?

Vimos isso como uma oportunidade real de resolver um problema que provavelmente está afetando muitos outros comerciantes. Construir uma empresa global de software no Brasil era um sonho forte o suficiente para superar os difíceis primeiros anos de negócio. Depois de muito trabalho, chegamos. Reconhecemos a força do nosso ecossistema, construído de forma a apoiar mutuamente o crescimento de todas as empresas envolvidas. Acreditamos no talento brasileiro, no capital intelectual de nossos colaboradores sendo reconhecido mundialmente.

  1. Nesses 21 anos o mundo passou por uma transição digital muito significativa (e rápida). Como a VTEX se prepara para o futuro e que inovações tecnológicas estão apostando como diferencial de negócios?

Uma das áreas em que a VTEX tem investido e continuará investindo é a educação e o desenvolvimento profissional de nossos colaboradores, parceiros e clientes. Acreditamos que a melhor maneira de se tornar à prova de futuro é investir em educação e conhecimento, para formar a próxima geração de líderes empresariais que irão identificar e criar novas tendências no setor. Reunindo tecnologia e visão de negócios para criar soluções verdadeiramente valiosas para os nossos clientes. Pretendemos continuar este investimento.

Além disso, é preciso confiar e investir nos seus times para criarem produtos incríveis. Só para se ter uma ideia, a empresa mais do que dobrou o time de tecnologia em 2020 para suportar os desafios cada vez maiores no comércio. 

Por fim, investir na excelência do cliente é uma das principais prioridades da VTEX. Acreditamos no sucesso compartilhado. Oferecer um excelente produto e serviço aos nossos clientes é apenas parte do que fazemos. Ajudar os clientes a alavancar a plataforma para expandir seus negócios é outro grande empreendimento no qual começamos a trabalhar e continuaremos a aprimorar nos próximos anos.

E pretendemos expandir globalmente, investir na proximidade dos principais mercados varejistas do mundo para apoiar nossos clientes em seus desafios, identificar tendências e novas tecnologias a serem desenvolvidas.

Corrida dos Unicórnios - Report
  1. Sobre o título de unicórnio, o que ele significa para a VTEX e como isso impacta nos objetivos estratégicos da empresa?

Com nossa última rodada de financiamento, a VTEX alcançou uma avaliação de empresa de $ 1,7 bilhão (USD), alcançando o que é comumente referido como o status de “unicórnios da tecnologia”. No entanto, na VTEX não usamos o termo “unicórnio” porque acreditamos que diminui o que conquistamos.

Para muitas empresas de tecnologia, ganhar o status de unicórnio é o objetivo principal desde o início. E os unicórnios tecnológicos aparentemente nascem da noite para o dia e vêm e vão com regularidade. A VTEX, por outro lado, alcançou proeminência global por meio de trabalho duro e determinação ao longo de 20 anos. Tendo começado como uma empresa no Brasil, não tínhamos o luxo de ter acesso a capital de risco de fluxo livre e avaliações inflacionadas.

Até 2019, o crescimento da VTEX foi amplamente autofinanciado e sempre fomos lucrativos. Além disso, nosso trabalho está apenas começando. Nosso objetivo nunca foi nos tornarmos um unicórnio, mas sim ajudar os comerciantes ao redor do mundo a se tornarem digitais primeiro e a desenvolverem seus próprios negócios.

Para nós, uma medida mais distinta de sucesso é o crescimento e o sucesso de nossos clientes e o reconhecimento do Gartner e IDC. A IDC — a principal consultoria de TI do mundo — elegeu a VTEX como uma das plataformas líderes do B2C, junto com nomes como Salesforce e Adobe e à frente de gigantes como SAP e Oracle. É a primeira vez que uma empresa latinoamericana está presente no quadrante de líderes da IDC, além de ser apontada como a mais visionária em termos de estratégia — um sinal de que o Brasil está se posicionando como um centro de serviço mundial de digital commerce. 

Por décadas o Brasil foi reconhecido por vender carne vermelha, aves, soja e produtos agrícolas. Agora é hora de começar uma nova era para as próximas gerações de líderes dos mercados emergentes. Estamos competindo de igual com outros gigantes do comércio global. Agora é a hora de descentralizar o Vale do Silício. Agora é a hora do mundo reconhecer a qualidade do software brasileiro.

  1. Muito se discute atualmente sobre o dilema entre crescimento acelerado e busca por lucratividade. Como vocês enxergam essa oposição?

Acreditamos na construção de valor a longo prazo através de uma solução com alto potencial lucrativo, mesmo que isso não apareça no começo. Ambas ações devem estar em equilíbrio.

O crescimento somente vai ser acelerado e, principalmente sustentável, se a solução for verdadeiramente valorosa ao mercado. A grande inovação trazida pela VTEX é permitir que mais empresas ingressem no comércio eletrônico, eliminando barreiras para que possam expandir seus negócios.

Criamos um ecossistema de centenas de agências de marketing digital ao nosso redor que desenvolvem e entregam as lojas online ao cliente, usando o código da VTEX. Essas agências também se tornaram ‘fornecedores’ da companhia, e muitas já começaram a exportar seus serviços. Nós estamos crescendo e criando um ecossistema lucrativo para o mercado e isso é consequência de muitos anos de trabalho.

  1. Quem são, hoje, os seus principais concorrentes?

Somos únicos no que oferecemos. A VTEX é pioneira no mundo no que chamamos de collaborative commerce, uma solução única integrada de digital commerce com marketplace nativo e recursos de order management system (OMS). Ajudamos as empresas de varejo, manufatura, atacado, supermercados, bens de consumo e outros setores a vender mais, operar com mais eficiência, escalar perfeitamente e oferecer experiência notável ao cliente.

Nossa arquitetura moderna baseada em microsserviços e nossas poderosas ferramentas de negócios e desenvolvimento permitem que a VTEX prepare os negócios de nossos clientes para o futuro e os livre de atualizações de software. Marcas importantes, incluindo Sony, Walmart, Whirlpool, Coca-Cola, Carrefour, Stanley Black & Decker, AB InBev, Nestlé, e mais de 3.000 clientes ativos em 42 países, confiam na VTEX para acelerar e transformar seu comércio.

Nosso foco é em oferecer a melhor solução em termos de tecnologia e de inteligência de negócios a qualquer empresa que queira transformar seu modelo de negócios através do comércio colaborativo. Somos únicos no que oferecemos.

  1. O que significa para a VTEX ser uma companhia de tecnologia oriunda de um país emergente competindo de igual para igual em um cenário global?

Ver nossa empresa como um dos principais fornecedores de tecnologia para comércio digital e, ao mesmo tempo, colocar o talento brasileiro em uma posição de destaque no cenário global é motivo de enorme orgulho.

Além disso, a VTEX é a primeira empresa brasileira a ser reconhecida como “Líder” pelo IDC MarketScape: Worldwide B2C Digital Commerce Platforms 2020 Vendor Assessment. Todos esses elogios e sucesso global foram resultado de muitos anos de trabalho árduo. É realmente gratificante que a VTEX faça parte da conversa de comércio global que inclui as principais empresas de software dos EUA, Canadá e Europa. Nos últimos 12 meses, garantimos USD $365 milhões em financiamento de grandes investidores globais, o que é uma prova de nossa visão e cultura que prioriza o cliente.

  1. Tem havido muito escrutínio acerca dos valuations de empresas de tecnologia pré-IPO, particularmente diante da tendência de aceleração na formação de unicórnios. O que vocês pensam a respeito disso?

Ao longo dos últimos anos crescemos acima de 40% ao ano e a digitalização forçada pela pandemia fez a VTEX praticamente dobrar de tamanho em menos de um ano. Acreditamos que cada empresa tem a sua estratégia de crescimento e capitalização.

Para nós, o IPO nunca foi um objetivo a ser buscado a qualquer custo, como uma meta em um prazo determinado. Os aportes recebidos nunca foram utilizados de forma que nosso valuation fosse inflado de alguma maneira. O objetivo do round continuará ser de investir no produto, em customer excellence e acelerar o crescimento nos mercados dos Estados Unidos, Europa e Ásia.

  1. Em quais inovações tecnológicas você aposta como diferenciadores de negócios?

A VTEX tem alguns diferenciais importantes do ponto de vista de plataforma de comércio e tecnologia. O primeiro é a nossa arquitetura MACH-L moderna. MACH significa baseado em microsserviços, API-first, nativo na nuvem e headless. O “L” significa “low-code”.A VTEX é a única que oferece uma plataforma de desenvolvimento de “low-code” chamada VTEX IO, desenvolvida especificamente para desenvolvedores de comércio para acelerar o tempo de obtenção de receita.

Em segundo lugar, a VTEX é a primeira e única empresa no mundo a oferecer digital commerce, marketplace e gerenciamento de pedidos integrados em uma única plataforma. Esses principais diferenciais de produto diferenciam a VTEX de todos os outros fornecedores de tecnologia de comércio.

Mais lidos

Compartilhar
Editoriais
  • Aceleração
  • Cases
  • Corporações
  • Cultura de inovação
  • CVC
  • D4S
  • Ecossistema e conexão
  • Estratégias
  • Eventos
  • Ferramentas e processos
  • Governança
  • Hubs
  • M&A
  • Partnership
  • Programas
  • Squads
  • Startups
  • Techboard
  • Tecnologia
  • Tendências
  • Transformação Digital

Posts recomendados

Acesse o blog arrow