arrow Voltar

Como as startups estão inovando o recrutamento online?

Com a ascensão da internet, cada vez mais empresas vêm aproveitando as facilidades disponíveis no meio digital para simplificar suas tarefas. E não é diferente na área de RH, que também se transforma constantemente. Em busca de otimizar os processos seletivos, muitas organizações optam pelo recrutamento online.  A tendência é que essa escolha seja ainda […]

12 de outubro de 2020 4 min de leitura
time

Artigo atualizado 12 de outubro de 2020

Com a ascensão da internet, cada vez mais empresas vêm aproveitando as facilidades disponíveis no meio digital para simplificar suas tarefas. E não é diferente na área de RH, que também se transforma constantemente. Em busca de otimizar os processos seletivos, muitas organizações optam pelo recrutamento online. 

A tendência é que essa escolha seja ainda mais frequente, tendo em vista que o trabalho remoto está se popularizando. Ainda, é bom lembrar que: contrata-se pelo currículo, demite-se pelo comportamento. Assim, mesmo online é necessário olhar além das competências profissionais do candidato para escolher o que de fato se adéqua ao trabalho.

Neste post, entenderemos a diferença entre recrutamento online e offline, assim como os principais pontos a serem considerados e os benefícios de usar a internet para tal fim. Aproveite a leitura!

Distrito for Startups

Qual a diferença entre recrutamento online e offline?

A maior diferença entre o recrutamento online e o offline é que o primeiro é realizado via internet, sem a necessidade de etapas presenciais. Para tanto, as vagas são divulgadas em páginas especializadas.

Ainda, os currículos são organizados digitalmente e os profissionais podem realizar testes virtuais para comprovar suas habilidades. Assim, todo o processo que seria feito presencialmente pode ser adaptado e, inclusive, incrementado.

Para se comunicar com os candidatos, a empresa pode usar e-mail, WhatsApp, telefone, videochamada e muitas outras ferramentas de comunicação. Além disso, é possível que até as entrevistas sejam feitas de forma remota.

Por fim, ao contrário do offline, que é um recrutamento lento e com grandes possibilidades de erros, o online é mais seguro e simplificado.

Quais os principais pontos a se considerar para fazer um recrutamento online?

Há quatro os pontos principais que devem ser considerados ao fazer um recrutamento online: planejamento, atração, seleção e análise. Vamos conhecê-los?

Planejamento

Antes de investir em um recrutamento online, você precisa de um planejamento estratégico que garanta o sucesso na execução do mesmo, com base nos objetivos que pretendem alcançar. 

Aqui, é importante definir quais profissionais a empresa quer atrair e onde encontrar essas pessoas para divulgar a vaga, bem como avaliar os candidatos e quais serão as etapas do processo seletivo.

Atração

Como atrair os candidatos? O ideal é divulgar em sites específicos de vagas de emprego. Hoje, também é interessante publicar a oportunidade no LinkedIn, que é uma plataforma exclusivamente profissional.

Seleção

Para fazer a seleção online, as plataformas de recrutamento são de grande ajuda, uma vez que os candidatos conseguem passar pelas etapas do processo em um mesmo lugar sem afetar o andamento.

Uma opção interessante é o Profiler, um assessment que fornece, em um único lugar, mais de 50 informações sobre o perfil comportamental de um profissional, tais como competências, estilo de liderança e histórico individual.

Análise

Com a plataforma mencionada acima, a análise dos candidatos também é mais simples, pois todos os dados resultantes do processo seletivo são integrados. Dessa forma, a escolha final é mais acertada e embasada.

Quais os benefícios do recrutamento online?

As vantagens de adotar o recrutamento online são inúmeras. Confira as cinco principais: gestão do banco de talentos, segurança e armazenamento de dados, tecnologia e sustentabilidade, economia de tempo e de custos, criação e atração do perfil ideal para a vaga!

Gestão do Banco de Talentos

Ao realizar o recrutamento online, é criado um banco de talentos digital. Isso significa que os dados dos candidatos são armazenados em um sistema e podem, inclusive, ser considerados para processos futuros.

Assim, para buscar um perfil determinado, você pode usar os filtros do banco e, em questão de minutos, encontrará os profissionais que se encaixam na pesquisa. Além disso, evitará dados duplicados ou defasados, comuns no modelo offline, podendo também atualizar qualquer cadastro quando desejar.

Segurança e armazenamento de dados

Usando um sistema digital, você consegue armazenar uma quantidade imensa de dados que foram coletados na seleção. Os relatórios gerados permitem uma visão mais ampla do processo do que teríamos no offline.

Entretanto, é importante ter atenção à segurança e às normas da LGPD, a Lei Geral de Proteção de Dados, que foi criada para assegurar a proteção aos dados que fornecemos na internet. As empresas que descumprirem a lei estão sujeitas a serem punidas pelas autoridades responsáveis.

Tecnologia e Sustentabilidade

Normalmente, uma seleção presencial envolve dezenas e até centenas de documentos impressos. Assim, se a organização recebe 500 candidaturas, precisa lidar com 500 currículos diferentes.

Um recrutamento online reduz, consequentemente, a quantidade de papel usada e que muitas vezes vai para o lixo após o processo. Nesse sentido a tecnologia é uma grande aliada, já que é mais fácil localizar um candidato em um sistema digital do que em uma pilha de arquivos. 

Além disso, é uma boa prática de responsabilidade social por parte da empresa, que pode ser vista com bons olhos pelo público se pensarmos que a sustentabilidade é extremamente valorizada atualmente.

Economia de tempo e de custos

Sabemos que um processo seletivo bem-feito pode demorar meses e envolver gastos, principalmente quando os candidatos à vaga precisam se deslocar e disponibilizar um horário para participar.

Nesse sentido, os custos para a empresa também são altos. Já o recrutamento online reduz significativamente o tempo e o dinheiro que serão aplicados na seleção. O candidato, por exemplo, não vai precisar arcar com transporte e impressões.

Criação e atração do perfil ideal para a vaga

Atrair os candidatos ideais para a vaga nem sempre é uma tarefa tranquila, mas não é nada impossível. Para isso, é necessário divulgar a oportunidade nos locais certos, disponibilizando todas as habilidades exigidas para o cargo.

Como os currículos são padronizados quando preenchidos nas plataformas, a triagem é mais assertiva e a empresa tem as mesmas informações de todos os profissionais. Além disso, o recrutamento online permite, ainda nas primeiras etapas, perceber se as pessoas são compatíveis com a cultura organizacional.

E aí, conseguiu compreender a diferença entre recrutamento online e offline, os principais pontos que precisam ser considerados e os benefícios de investir nos processos realizados por meio da internet?Agora que você já entendeu mais sobre os processos seletivos digitais, aprenda como escolher o Software de Recrutamento Online ideal para a sua empresa! Descubra como a ferramenta funciona e quais aspectos considerar antes de contratar o serviço.

Posts recomendados

Acesse o blog arrow