arrow Voltar
Casare encontra novas oportunidades durante quarentena

Visão empreendedora: Founder do Casare encontra novas oportunidades em meio a quarentena

Em uma conversa sobre sua trajetória, Rodrigo Farah (Founder da retailtech Casare) nos contou um pouco sobre uma nova forma de ajudar os pequenos empreendedores a impulsionarem seus negócios. Leia a seguir para entender sobre a visão empreendedora de Rodrigo, os desafios superados e mais detalhes do negócio. Sabemos que empreendedorismo é algo que muda […]

24 de setembro de 2020 7 min de leitura
time

Artigo atualizado 24 de setembro de 2020

Em uma conversa sobre sua trajetória, Rodrigo Farah (Founder da retailtech Casare) nos contou um pouco sobre uma nova forma de ajudar os pequenos empreendedores a impulsionarem seus negócios.

Leia a seguir para entender sobre a visão empreendedora de Rodrigo, os desafios superados e mais detalhes do negócio.

Distrito for Startups

Sabemos que empreendedorismo é algo que muda a vida das pessoas, como empreender mudou sua vida?

Nos momentos difíceis, uma boa ideia sempre aparece aos que estão buscando uma saída, um rumo… um recomeço. Sempre fui empreendedor. Tive somente um ou dois empregos de “carteira assinada” e, mesmo esses, duraram pouco.

Tive empresas de Comunicação (já com um pé no digital em 1995), Publicidade, Restaurantes. E foram os restaurantes que me fizeram voltar de vez para o digital, pois os 10 anos de “sofrimento” com eles (por falta de talento para o ramo), me fizeram pensar o que realmente me dava prazer em trabalhar.

Então montei uma empresa de desenvolvimento de softwares, apps, sites, plataformas. Um belo dia, 4 anos após ter voltado para a minha verdadeira área, entrei para o mundo das startups, com o Casare, a convite de investidores.

Isso realmente mudou a minha vida, pois encontrei ainda mais entusiasmo na área que já me dava prazer. O conhecimento e experiência prévios foram suficientes somente para o início. A partir de então, foram aprendizados diários, e vários momentos de superação. Mas, quando o trabalho tem um objetivo, a força vem, não se sabe de onde surge, mas vem. Ela aparece, como agora. 

Empreender é um eterno recomeço.

De onde surgiu a ideia de criar uma plataforma para ajudar pequenos empreendedores?

O ZetaFácil é do Casare (minha empresa), uma plataforma de Sites e Listas de Presentes de Casamento. Mas, festa de casamento em 2020?? Ninguém vai deixar de casar, claro. Mas, todos os casamentos foram adiados para uma data futura, quando seja possível reunir amigos e familiares para comemorar, se abraçar, dançar…

E assim, nasceu o ZetaFácil, para todos encontraram uma saída para 2020 e além.

Transformamos a nossa plataforma de Lista de Casamentos em outra, o ZetaFácil, com Link de Pagamento e E-Commerce, para quem pode até estar começando, mas pensa grande!

Notamos que muitos amigos e conhecidos tiveram que encontrar outras formas de renda, com outros produtos ou serviços que vinham atuando, muitas vezes durante toda uma vida. Alguns, devido ao colapso em seus negócios, outros por terem perdido seus empregos.

Praticamente todos eles passaram a utilizar meios eletrônicos de recebimento, e já pensando em terem seus e-commerces. 

Qual foi o processo de criação desta nova plataforma ?

Nosso negócio é o Casare, uma plataforma de criação de Sites e Listas de Presentes de Casamento em dinheiro, na qual fazemos a intermediação dos pagamentos dos convidados. É um negócio digital já com 6 anos de vida, mas que viu seu faturamento praticamente cair a zero a partir de 15 de março de 2020, quando foi decretada a pandemia.

Os clientes não serão perdidos, porém todas as festas de casamento foram pouco a pouco sendo adiadas para datas futuras, inicialmente para o segundo semestre. Porém com o prolongamento da pandemia, novos adiamentos foram e continuam sendo efetuados, todos para depois de janeiro, fevereiro de 2021.

A plataforma possui mais de 60 funcionalidades. Dentre tantas, temos a Lista de Presentes, que sempre foi um e-commerce customizável pelos noivos, no qual eles próprios montam suas “lojinhas” de presentes. Funciona como um Marketplace, pois temos que controlar automaticamente os pagamentos de cada loja virtual, com extratos individuais, e depois distribuir o dinheiro para cada usuário, através de depósitos em suas contas bancárias, já descontadas as taxas de intermediação.

Isolamos esta seção, com as devidas adaptações para vendedores de produtos ou serviços reais, e criamos o ZetaFácil. Desde o início da adaptação ao lançamento do MVP foram 3 meses.

Explique mais sobre o propósito da plataforma e quais as principais funcionalidades.

O ZetaFácil veio para atender gratuitamente pessoas físicas, MEIs e Micro-Empresas que estão iniciando sua jornada de vendas por meios digitais. Notamos que a grande maioria deles não sabe nem por onde começar, e então procuramos lançar o MVP já com o máximo de facilidades possíveis em tão pouco tempo, desde a montagem da loja até o meio de pagamento já incluído.

A plataforma possui um sistema de criação de lojas de e-commerce, na qual os próprios usuários sobem imagens, descrições, definem valores. Já vem também com possibilidade de criação de Links de Pagamento, que foi o primeiro passo destes vendedores, geralmente através das maquininhas pela qual eles têm custos de aquisição ou mensalidades, o que não ocorre no ZetaFácil. É tudo muito fácil, como o próprio nome já diz.

Como já vem com meio de pagamento embutido, esta é nossa forma de monetizar o negócio. O uso da plataforma é gratuito, mas com taxas aplicadas em cada venda, em percentuais iguais ou menores que os meios digitais de pagamento já cobram destes vendedores. Só que com uma plataforma inteira de brinde.

No ZetaFácil  os vendedores podem gerenciar os pedidos já capturando o endereço e contato dos clientes, tem cálculo automático do frete, controle simples de estoque, categorias de produtos. Podem até mesmo ter várias lojas, cada uma com a sua URL, tudo em um mesmo gerenciador.

Em cada loja, o vendedor pode divulgar seu WhatsApp e Redes Sociais, e o cliente pode clicar dentro da loja para iniciar uma conversa direta com ele.

Podem também adquirir seus domínios personalizados (.com ou .com.br), tudo de maneira automática. Eles buscam dentro da plataforma o domínio desejado e, após encontrarem o que querem, já solicitam por ali mesmo, mediante um simples clique. A plataforma já é integrada, e automaticamente adquire e instala o domínio solicitado, e o e-commerce do vendedor já passa a responder por aquele endereço personalizado. Se já possuírem um domínio, também pode ser instalado, neste caso sem nenhum custo, pois possuímos gerenciador próprio de DNS.

A plataforma é 100% responsiva, tanto para o vendedor, em seu painel de administração, quanto para o comprador navegar e pagar.

As vendas podem ser cobradas por boleto à vista ou parceladas em até 12 vezes com todas as bandeiras de cartão de crédito, e os juros das parcelas são cobrados do comprador. Ao ser lançado, também estará disponível pagamentos por PIX.

O vendedor pode até mesmo nem pagar nada pela intermediação, pois ele pode escolher repassar a taxa inicial que a plataforma cobra pelas vendas. Temos uma função, opcional e gratuita, que, ao ser marcada, já embute no valor a taxa que o vendedor teria descontada. Dessa maneira ele pode vender pelo ZetaFácil de maneira 100% gratuita, e sem precisar fazer cálculos financeiros.  

Notamos que estes pequenos vendedores tiveram que “se virar” durante a pandemia, e precisavam cobrar de maneira remota por suas vendas, já negociadas geralmente pelo WhatsApp ou outras Redes Sociais. A grande maioria adotou os Links de Pagamentos para isso, principalmente para cartões de crédito e parcelamentos.

Nossa premissa é a de que estes vendedores já possuem um método de vendas, por WhatsApp, Redes Sociais e Link de pagamento, e inicialmente não vão querer, ou mesmo nem podem, abandonar este método.

Então pensamos: se queremos proporcionar o segundo passo deles, que é ter seus próprios e-commerces, por que não lançar o ZetaFácil incluindo o que foi o primeiro passo deles, o Link de Pagamento? Assim eles podem fazer a transição tudo em um mesmo lugar.

E, se a remuneração do negócio virá dos pagamentos, parece-nos justo não cobrar pelo uso da plataforma, até para que eles não tenham resistência de já sair pagando por planos mensais que eles nem sabem se irão conseguir usar, ou mesmo conseguir administrar. O Link de Pagamento eles já sabem que conseguem, pois já é o dia a dia deles.

Acreditamos que esta é uma maneira do vendedor ir caminhando no mundo das vendas digitais, num passo que ele mesmo vai determinar, de acordo com as necessidade que ele mesmo detecta nesta caminhada.

Detectamos também, em pesquisa com estes vendedores, que os Links de Pagamentos estão já começando a se tornar difíceis de conciliar. Por exemplo, que pagou qual Link? A plataforma ZetaFácil gerencia isso pois, mesmo que um link seja pago diversas vezes, todos os pagamentos ficam no extrato com nome, endereço e contatos do comprador. O nosso Link também pode calcular inclusive o frete, se for o caso. E o vendedor ganha, também, um gerenciador de pedidos e vendas.

Para nós, do mundo digital, se quiséssemos montar nosso e-commerce, não seria nenhum mistério integrar meios de pagamento em uma plataforma. Se fosse, mesmo assim seria muito rápido desvendar esse mistério, pois é nossa área. Para os vendedores, mesmo para os médios, quase tudo no digital é um mistério, e eles querem ter o máximo de facilidades para focar no principal deles, suas vendas.

Que tipo de impacto quer que a plataforma traga?

Tornar o comércio digital acessível a todos. Nosso papel é facilitar.

Trazer para o mundo das vendas digitais empreendedores que estão iniciando sua jornada nesta área, ou mesmo que já possuem alguma experiência, mas que desejam soluções fáceis e práticas, com um custo adequado, mínimo. 

O ZetaFácil pretende caminhar com estes vendedores. A cada passo deles, também dar os seus, para sempre atender as necessidades deles, que certamente crescerão.

Por que criar uma plataforma voltada aos pequenos negócios?

O Casare, empresa geradora do ZetaFácil, sempre trabalhou com clientes que em sua grande maioria não dominam nem o básico de criação de sites e e-commerces. E suas Listas de Presentes de Casamento são e-commerces, não só na criação como até mesmo na parte do gerenciamento dos recebíveis, saldos, transferências para contas correntes, etc. 

Tudo é um mistério para eles. E a plataforma Casare foi crescendo assim, detectando as necessidades dos clientes. E mesmo recursos complexos sempre tiveram que ser desenvolvidos pensando no máximo da simplicidade, para que estes clientes, pessoas que não são profissionais do mercado digital, consigam eles mesmos criar, editar, gerenciar.

Com a pandemia do Covid-19, notamos que centenas de milhares de vendedores (e compradores) estão migrando para o “nosso mundo” digital. E o perfil destes vendedores, analisando pelo conhecimento sobre o mercado digital, é muito parecido com o de nossos clientes Casare, noivos, ou seja, praticamente nenhum. 

Como nossa especialidade no Casare sempre foi essa, um constante desenvolvimento de soluções complexas (para nós) mas fáceis para os clientes, vimos que podemos contribuir muito para a inclusão de mais pessoas neste mercado.

A maioria das pessoas pensa que no mundo digital é assim: “ah, é só clicar em um botão que tá tudo pronto”. 

E é esse o nosso trabalho: construímos botões para serem clicados! E tudo aparece pronto do outro lado.

ebook-mvp-Banner-1

Posts recomendados

Acesse o blog arrow