arrow Voltar
Bloxs tem crescimento de 130% em 2020 e supera expectativas

Bloxs tem crescimento de 130% em 2020 e supera expectativas

Apesar dos grandes desafios de 2020, a plataforma de investimentos alternativos Bloxs encerra o ano com crescimento de 130% e prevê uma expansão ainda maior nos próximos anos. Com mais de R$ 25 milhões captados em projetos nos mais variados segmentos da economia real, a fintech baiana ampliou sua base de investidores e parceiros, além […]

17 de novembro de 2020 5 min de leitura
time

Artigo atualizado 17 de novembro de 2020

Apesar dos grandes desafios de 2020, a plataforma de investimentos alternativos Bloxs encerra o ano com crescimento de 130% e prevê uma expansão ainda maior nos próximos anos.

Com mais de R$ 25 milhões captados em projetos nos mais variados segmentos da economia real, a fintech baiana ampliou sua base de investidores e parceiros, além de aumentar seu quadro de colaboradores com a missão de democratizar os investimentos alternativos.

Enfrentando um cenário de grandes incertezas, a Bloxs conseguiu concretizar com sucesso captações de alto impacto econômico em diferentes regiões do Brasil.

Foram projetos em pecuária de corte, geração de energia solar, coliving, entretenimento náutico, mercado moteleiro, entre muitos outros empreendimentos promissores que, até há pouco tempo, eram inacessíveis aos investidores comuns.

Conheça agora o desempenho da Bloxs em 2020 e quais são seus planos de crescimento para os próximos anos.

Distrito for Startups

Investimentos alternativos ao alcance de todos

A Bloxs nasceu com um propósito muito claro: aproximar os investidores comuns de oportunidades altamente rentáveis e que não encontrarão em seus bancos ou corretoras.

Os investimentos alternativos formam uma ampla classe de ativos cujo diferencial é sua ligação estreita com a economia real e sua baixa correlação com o mercado financeiro.

São chamados “alternativos”, pois não se enquadram nos moldes dos mercados tradicionais, dedicados a aplicações em renda fixa ou à compra de ações na bolsa de valores.

Nessa modalidade de investimento coletivo, os investidores podem financiar ou se tornar sócios de projetos do mercado imobiliário, no agronegócio, no setor de energia, entre muitos outros, além de poder adquirir créditos judiciais e precatórios nos termos da ICVM 588.

Essas oportunidades estavam restritas a grandes investidores de fundos estruturados, mas, graças às atualizações normativas da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), passaram a estar ao alcance de qualquer investidor.

Crescimento em meio a incertezas

A pandemia de covid-19 e a realidade do distanciamento social trouxeram consigo um quadro de grandes incertezas e aversão ao risco. As bolsas ao redor do mundo despencaram e o desemprego acelerou.

Acuados pela alta volatilidade da renda variável, os investidores também não encontravam um contexto favorável na renda fixa, por causa da queda das taxas de juros em todo o mundo.

No Brasil, os juros seguiram a mesma tendência de queda, e os títulos considerados “sem risco” passaram ter rentabilidade real negativa.

Todo esse cenário obrigou os investidores a “pensar fora da caixa” na hora de diversificar suas aplicações.

Aproveitando-se desse pano de fundo desafiador, mas repleto de oportunidades, a Bloxs buscou inovar, oferecendo aos investidores a oportunidade de proteger suas carteiras, participando de projetos de alta qualidade na economia real, com rentabilidades muitas vezes superiores a 20% ao ano.

A Bloxs se engajou na seleção de empreendimentos sólidos, com garantias contratuais robustas e planos de negócios amadurecidos e capazes de agregar valor a todos os grupos de interesse: investidores, empreendedores e todos os elos da cadeia produtiva. 

Tudo isso aliado a conteúdos especialmente pensados para permitir que os investidores tomassem decisões embasadas na hora de investir.

Os resultados não demoraram a aparecer.

A Bloxs bateu recorde de captação em plena pandemia, levantando mais de R$ 25.000.000,00 para concretizar projetos nos mais variados segmentos ao redor do Brasil.

Em relação a 2019, o crescimento em volume captado foi de mais de 400%, e a base de investidores na plataforma triplicou.

Desafios se tornam oportunidades

A pandemia obrigou a Bloxs a adotar o home office e reestruturar seu planejamento de marketing para conseguir atingir sua meta de crescer 10 vezes ao ano.

Com o avanço da abertura econômica, a fintech baiana retomou as atividades em seu escritório de Salvador e passou a buscar ativamente talentos no mercado para compor suas equipes de tecnologia, curadoria de investimentos, TI, marketing e relação com os investidores.

Escritório sede da equipe Bloxs em Salvador na Bahia.
Escritório da Bloxs em Salvador/Bahia (Imagem: Arquivo)

De sete colaboradores em 2019, a empresa conta agora com vinte e um profissionais, além de diversos prestadores de serviços.

Graças ao seu pioneirismo na área de investimentos alternativos, a Bloxs foi convidada a ocupar uma sala exclusiva no hub de inovação Distrito Fintech, em São Paulo, e usufruir da troca de experiências oferecida por esse ecossistema inovador.

Imagens do espaço Distrito Fintech e a equipe da Bloxs presente em uma das salas.
Escritório da Bloxs no Distrito Fintech/São Paulo(Imagem: Arquivo)

Após instalar seu escritório comercial na capital paulista, a Bloxs passou a estabelecer contato mais próximo com parceiros e investidores, a fim de encontrar e estruturar bons projetos. 

As novas instalações viabiliza, assim, o surgimento de futuras parcerias com outras fintechs, além dos parceiros para originação de projetos cada vez mais estruturados.

Projetos pioneiros da Bloxs

Entre as diversas captações de sucesso que a Bloxs realizou em sua plataforma, um dos grandes destaques, sem dúvida, foi o projeto Dejour Entretenimento Náutico.

O setor de eventos foi e continua sendo um dos mais prejudicados pela pandemia, em razão das restrições à reunião de pessoas.

No entanto, acreditando na proposta dos empreendedores e em seu histórico de sucesso, a Bloxs viabilizou o financiamento de uma estrutura flutuante e itinerante, que levará espetáculos de altíssima qualidade a um público seleto de cerca de 9000 pessoas durante a temporada de verão de 2021.

O plano de negócios estruturado pela AG Invest, de Álvaro Garnero, embaixador do turismo nacional, prevê a oferta de atrações em três cidades litorâneas brasileiras ao longo do próximo ano.

A aposta no projeto se baseou nos efeitos danosos que o isolamento social trouxe à rotina das pessoas. 

A Bloxs e a Dejour convenceram os investidores de que a perda de liberdade ressaltou ainda mais a importância do contato social e da proximidade entre amigos e familiares. Por isso, a socialização tem tudo para ser tônica do próximo verão.

Na imagem, você confere o Projeto Dejour Entretenimento Náutico que faz parte da plataforma Bloxs.
Projeto Dejour Entretenimento Náutico (Imagem: Arquivo)

Resultado: mais de 78 investidores levantaram R$ 1.410.000,00 para a concretização desse empreendimento, com uma rentabilidade prevista de 16,77% ao ano.

Planos para o futuro da Bloxs

O objetivo da Bloxs é se tornar o maior marketplace de ativos de investimento não bancarizados, conectando empreendedores a investidores de todo o mundo.

Para isso, a Bloxs pretende continuar buscando no mercado talentos para compor seu quadro de profissionais, que têm na diversidade sua característica mais importante.

A Bloxs se orgulha de ser uma empresa que oferece oportunidades iguais para o desenvolvimento dos seus colaboradores, independente da sua origem social, gênero, crenças pessoais ou cor da pele.

Foi graças ao empenho dessa equipe que a fintech baiana atingiu resultados tão robustos e consistentes e está muito perto de alcançar suas projeções para este ano, especialmente quanto ao número de novos investidores e volume captado.

Em relação aos próximos projetos, a plataforma de investimentos alternativos planeja lançar ofertas dentro dos seus segmentos de atuação, com destaque para Sunfarm Pernambuco e Sunfor Rio (Energia), Openeen (Biodefensivos), Drops Campinas (Comercial) e LCR Imovéis (Real Estate).

Além disso, a Bloxs continuará despendendo esforços para atualizar a regulamentação do setor junto à CVM, buscando expandir o volume permitido das captações e avançar em áreas de fronteira tecnológica, como blockchain e “tokenização”.

Posts recomendados

Acesse o blog arrow