arrow Voltar

Mentor: o que é e quais são as vantagens de contar com um para a sua startup

Estruturar um negócio não é tarefa fácil, especialmente para uma startup, que pode não ter tantos pares no mercado nos quais possa se espelhar. Contar com um aprendizado apenas na base da tentativa e erro pode ser fatal para o negócio. Por isso, um programa de mentoria para startups é crucial para alcançar o sucesso […]

6 de novembro de 2020 4 min de leitura
time

Artigo atualizado 6 de novembro de 2020

Estruturar um negócio não é tarefa fácil, especialmente para uma startup, que pode não ter tantos pares no mercado nos quais possa se espelhar. Contar com um aprendizado apenas na base da tentativa e erro pode ser fatal para o negócio. Por isso, um programa de mentoria para startups é crucial para alcançar o sucesso nesse cenário desafiador.

Mas você sabe exatamente o que é um mentor e quais são os benefícios que o mentor pode trazer para uma startup? É isso que vamos ver com mais detalhes neste artigo. Confira!

Entenda a importância do mentor para sua startup

Um mentor é um profissional com mais experiência e conhecimento que está disposto a dedicar parte do seu tempo para orientar um outro profissional ou uma empresa mais iniciante. Como dissemos acima, a mentoria facilita a vida do empreendedor, mostrando atalhos e soluções que ele não havia considerado. 

Além disso, às vezes a vida do empreendedor pode ser meio solitária, já que praticamente todas as decisões relativas ao negócio partem dele. Nesse sentido, o mentor também tem o papel de ser alguém com quem se pode trocar ideias e apontar outros caminhos possíveis.

Conheça 6 vantagens de ter acesso a um programa de mentoria

É comum vermos empreendedores que têm grande conhecimento técnico, mas não possuem tanta experiência no mundo dos negócios. Veja a seguir 10 vantagens de contar com o mentor certo para ajudar em cada desafio:

  1. Experiência –  O mentor traz essa bagagem, por ser alguém que já se deparou com as mesmas dificuldades e sabe o que dá certo e o que não funciona. Assim, ele pode evitar erros que atrasariam o projeto e poderiam causar desperdício de dinheiro, tempo e energia. 
  2. Networking – Cada mentor circula há mais tempo nesse universo e formou uma rede de conexões rica e muito útil para quem está começando. Dessa forma, pode indicar e apresentar potenciais parceiros, investidores, fornecedores e até mesmo outros profissionais úteis para o modelo de negócios específico daquela startup. 
  3. Relevância – Ter acesso a um programa de mentoria é um diferencial competitivo que pode alavancar o crescimento da startup.
  4. Independência – O mentor traz um olhar de fora, que muitas vezes o empreendedor não consegue ter por estar tão imerso em seu próprio negócio. Às vezes, o empreendedor está tão envolvido com a operação que não consegue olhar para o todo e nesse momento a ajuda de um mentor experiente faz muita diferença.
  5. Flexibilidade – Outro ponto a ser lembrado é que as mentorias podem ser feitas para além do negócio, abordando também interesses pessoais a serem desenvolvidos.
  6. Personalização – Diferente de um curso genérico, na mentoria o especialista analisa o cenário específico da sua startup, trazendo soluções

Como escolher o melhor mentor para seu negócio

A escolha do mentor ideal para ajudar em cada desafio tem um papel muito estratégico para o alcance dos resultados desejados. Nesse momento, é comum o empreendedor refletir sobre o que ainda falta em sua trajetória e/ou na de seu negócio. Assim, na hora de “dar match” com o mentor ideal, a ideia é buscar um especialista que possa complementar as lacunas, agregando ainda mais valor no processo de mentoria.

Além disso, é desejável que no primeiro contato se estabeleça uma conexão entre você e o possível mentor. Mais do que análise do currículo e resultados alcançados ao longo da jornada, é importante que haja empatia e confiança nessa relação. 

O conhecimento técnico é apenas um dos fatores. Perceba os campos relacionais de cada um e como eles podem se conectar a você e seu negócio! Leve em conta toda a trajetória do profissional e sua formação, assim como rede de contatos. Uma dica é utilizar recursos adicionais da plataforma de mentoria, como o próprio chat, para conhecer melhor e até interagir previamente com os mentores.

Trabalhe com mentores que você realmente admira e têm sinergia com você e seu negócio. Combine seu mentor com o estágio atual do desenvolvimento de sua startup.

Preparando-se para a mentoria

Aproveite ao máximo o tempo do(a) seu(ua) mentor(a)! Uma forma de fazer isso é estar preparado com perguntas objetivas, para que ele possa focar em te dar suporte através delas.

Autoconhecimento e conhecimento de seu negócio, sua equipe de trabalho são essenciais para descobrir suas forças e debilidades. Entenda quais são seus objetivos de curto e longo prazo, e quais são os desafios que o cenário apresenta: competidores, fatores externos, etc.

Saiba como ter acesso a tudo que um mentor oferece

Por fim, o mentor consegue oferecer um acompanhamento próximo e personalizado, ao qual o empreendedor não teria acesso de outra forma.

Participar de um programa voltado para isso pode ser uma ótima forma de ter acesso a um mentor que realmente conheça o seu mercado de atuação e consiga oferecer todos esses benefícios de forma eficiente.

É o caso do programa de mentoria do Distrito, que já conta com 82 mentores, especialistas em diversas áreas, como marketing, finanças, gestão de pessoas e muito mais.Agora que você já sabe o que é um mentor, aproveite para conhecer o programa Distrito for Startups e conhecer todos os benefícios que ele oferece para o seu negócio!

Distrito for Startups

Posts recomendados

Acesse o blog arrow