arrow Voltar
Neon compra startup MEI Fácil com foco no microempreendedor

Neon compra startup MEI Fácil com foco no microempreendedor

A fintech Neon, que é especializada em oferecer contas bancárias totalmente digitais, anunciou nesta semana a aquisição da startup MEI Fácil, especializada em oferecer serviços para o microempreendedor individual. Uma curiosidade é que as duas startups fazem parte da nossa comunidade. A Neon já foi uma das startups investidas por nós. Hoje, a empresa é […]

17 de setembro de 2019 < 1 min de leitura
time

Artigo atualizado 17 de setembro de 2019

A fintech Neon, que é especializada em oferecer contas bancárias totalmente digitais, anunciou nesta semana a aquisição da startup MEI Fácil, especializada em oferecer serviços para o microempreendedor individual.

Uma curiosidade é que as duas startups fazem parte da nossa comunidade. A Neon já foi uma das startups investidas por nós. Hoje, a empresa é mantenedora do nosso hub de inovação Distrito Fintech. Além disso, a MEI Fácil também fazia parte do nosso portfólio de investidas e é uma das nossas residentes em nossos espaços.

Ficamos muito orgulhosos de ver duas startups de serviços financeiros, que temos um relacionamento tão próximo, se juntarem com o objetivo de expandirem suas operações.

A aquisição

Com a aquisição, que não teve valor revelado, a Neon avança na expansão de suas operações. Há pouco tempo, lançou um serviço de conta para Pessoas Jurídicas (PJ) e um cartão de crédito em parceria com a Visa.

Em entrevista concedida ao Estado, Pedro Conrade, fundador da Neon, explica que a compra foi uma combinação natural. “Nós estávamos de olho no mercado de microempreendedores e o pessoal da MEI Fácil estava começando a fazer os serviços financeiros na plataforma deles”.

A aquisição foi realizada de duas formas pela Neon: a transação foi paga em dinheiro aos investidores iniciais da MEI Fácil e também em ações para os fundadores da companhia. Portanto, após a fusão, a Neon passa a ter 530 funcionários. Isso é praticamente o triplo do que tinha em abril (180 pessoas).

Agora quem já utilizava os serviços da MEI Fácil, passa a ter acesso aos serviços da Neon. Por enquanto, os dois aplicativos continuam funcionando de forma independente.

Posts recomendados

Acesse o blog arrow