arrow Voltar
Recorde histórico: startups de varejo levantam US$ 542 milhões de investimentos em 2020

Recorde histórico: startups de varejo levantam US$ 542 milhões de investimentos em 2020

O ano de 2020 se mostrou desafiador para os grandes varejistas e startups que atuam no setor: a pandemia trouxe muitas incertezas quanto ao futuro do varejo e muitos negócios precisaram recorrer a diferentes alternativas para atender às novas demandas e formas de consumo das pessoas Diante disso, como foi o ano de 2020 para […]

11 de dezembro de 2020 3 min de leitura
time

Artigo atualizado 11 de dezembro de 2020

O ano de 2020 se mostrou desafiador para os grandes varejistas e startups que atuam no setor: a pandemia trouxe muitas incertezas quanto ao futuro do varejo e muitos negócios precisaram recorrer a diferentes alternativas para atender às novas demandas e formas de consumo das pessoas Diante disso, como foi o ano de 2020 para o varejo e as startups brasileiras?

O estudo mensal Inside RetailTech Report responde a esse questionamento e traz um vislumbre do que é esperado para os próximos meses. Além disso, aponta também dados exclusivos que comprovam que apesar da pandemia e seus impactos, as retailtechs têm atraído a atenção dos investidores. Afinal, 2020 já é o ano com o maior volume de investimento em startups da história – foram levantados US$ 542 milhões até novembro – divididos em 29 rodadas. O volume representa 103% do volume investido no último ano, que totalizou o montante de US$ 521 milhões.

Mesmo com os aportes multimilionários recebidos pela Loggi, VTEX e Madeira Madeira, em 2019, o ano corrente já representa 103% do volume investido no ano passado. Cenário possível uma vez a VTEX entrou para o seleto grupo de unicórnios brasileiros com um aporte de US$ 225 milhões – somando ainda os aportes de Conductor e Olist.

Ao todo, foram 29 rodadas de investimento realizadas em empresas de tecnologia que atuam neste setor nos primeiros onze meses de 2020. Representando uma queda de 40% no número de rounds.

O estudo, realizado pelo Distrito Dataminer, com apoio da KPMG, traz ainda diversas estatísticas e análises sobre o cenário atual das cidades brasileiras. confira:

Maior polo de retailtechs

O estado de São Paulo é o maior polo de inovação do Brasil. São 310 empresas (46% do total) nesta região. Na sequência, está o estado do Paraná, com 62 soluções mapeadas e ativas (9% do total). Rio Grande do Sul e Minas Gerais completam  o pódio, com 56 retailtechs cada (8% do total).

Setor com alta contratação de funcionários

O setor de retailtechs é um dos que mais contratam funcionários no ecossistema de empreendedorismo e tecnologia brasileiro. Atualmente, mais de 40 mil brasileiros estão empregados no segmento. As categorias que mais empregam são as de E-Commerce, representando 36,1% das pessoas no setor; logo em seguida, vem a de Pagamentos, com 32,9%, e Operações, com 10,2%.

Conheça mais o Inside Retailtech

O Inside RetailTech Report é um estudo mensal, que você pode assinar por apenas R$ 99 por mês. É ideal para quem quer entender mais do setor de varejo e acompanhar as startups que estão transformando esse mercado.

O report é para você que não quer estar por fora de nada do que acontece no setor e tem o interesse de aprimorar ainda mais os seus conhecimentos. No estudo, publicado mensalmente, iremos trazer um acompanhamento mensal e detalhado sobre as startups de varejo – hoje, já são mais de 670 – com estatísticas, análises e entrevistas com os principais nomes do setor.

Mais lidos

Compartilhar
Editoriais
  • Aceleração
  • Cases
  • Corporações
  • Cultura de inovação
  • CVC
  • D4S
  • Ecossistema e conexão
  • Estratégias
  • Eventos
  • Ferramentas e processos
  • Governança
  • Hubs
  • M&A
  • Partnership
  • Programas
  • Squads
  • Startups
  • Techboard
  • Tecnologia
  • Tendências
  • Transformação Digital

Posts recomendados

Acesse o blog arrow