arrow Voltar
San Pedro Valley: conheça a região que é chamada de Vale do Silício mineiro

San Pedro Valley: conheça a região que é chamada de Vale do Silício mineiro

A maioria das pessoas já ouviu falar no Vale do Silício, área da Califórnia famosa por abrigar um grande número de startups e empresas de tecnologia e inovação. O que muita gente não sabe é que o Brasil também tem uma região conhecida pelo mesmo motivo: é o San Pedro Valley, localizado em Belo Horizonte […]

14 de setembro de 2020 2 min de leitura
time

Artigo atualizado 14 de setembro de 2020

A maioria das pessoas já ouviu falar no Vale do Silício, área da Califórnia famosa por abrigar um grande número de startups e empresas de tecnologia e inovação. O que muita gente não sabe é que o Brasil também tem uma região conhecida pelo mesmo motivo: é o San Pedro Valley, localizado em Belo Horizonte (MG).

Também chamada de Vale do Silício brasileiro, a região do bairro São Pedro, que fica na zona sul da capital mineira, assim como nos bairros vizinhos Santo Antônio e Savassi, reúne diversas empresas inovadoras.

Distrito for Startups

Como surgiu o San Pedro Valley

O nome San Pedro Valley surgiu com uma brincadeira entre empreendedores mineiros, fazendo referência ao Silicon Valley norte-americano. A comunidade teve início em 2011, a partir de encontros informais entre os fundadores de diversas startups, como Everwrite e Hotmart. 

O estímulo do governo também teve um papel importante. Em 2013, o governo de Minas Gerais criou um programa chamado de SEED (Startups and Entrepreneurship Ecosystem Development, ou Desenvolvimento de Ecossistema de Startups e Empreendedorismo, em tradução livre), por meio do qual startups recebem investimentos e mentorias. Isso atraiu ainda mais negócios para a região.

Hoje, o San Pedro Valley reúne mais de 300 empresas. Rock Content, Hotmart, Samba Tech, Sympla e Méliuz são alguns dos nomes mais conhecidos. 

Leia também: conheça o programa Distrito for Startups, do qual diversas startups mineiras já fazem parte

O ecossistema de startups mineiras

O ecossistema de startups mineiras é destaque além da capital Belo Horizonte (onde fica o San Pedro Valley). O estado fica atrás somente de São Paulo em número de startups: são 780 empresas desse tipo, que, nos últimos 3 anos, receberam 60 milhões de dólares em investimentos, conforme dados do Distrito Minas Tech.

Dentre as empresas mapeadas pelo estudo, 25% atuam em setores como adtech, fintech e healthtech. Metade das startups mineiras também é jovem: surgiu nos últimos 5 anos.

Esse ecossistema é bem desenvolvido não por acaso. Com um PIB de  R$ 632 bilhões em 2019 e a quinta maior concentração industrial da América Latina, Minas Gerais conta ainda com 11 universidades federais, o maior número dentre os estados brasileiros.

https://youtu.be/9psXLObi0M0

Saiba tudo sobre as startups de Minas Gerais

O ecossistema de startups de Minas Gerais foi assunto do Distrito Minas Tech Report 2020. O estudo gratuito contém mais de 60 páginas de conteúdo, que incluem startups mapeadas e verificadas, investimentos feitos nas startups do estado, cases, entrevistas, estatísticas, rankings e muito mais. Quer saber mais sobre o San Pedro Valley? Faça o download agora!

banner distrito minastech report

Mais lidos

Compartilhar
Editoriais
  • Aceleração
  • Cases
  • Corporações
  • Cultura de inovação
  • CVC
  • D4S
  • Ecossistema e conexão
  • Estratégias
  • Eventos
  • Ferramentas e processos
  • Governança
  • Hubs
  • M&A
  • Partnership
  • Programas
  • Squads
  • Startups
  • Techboard
  • Tecnologia
  • Tendências
  • Transformação Digital

Posts recomendados

Acesse o blog arrow