arrow Voltar
Pagar tarifas bancárias hoje é uma opção

Atenção PJ! Pagar tarifas bancárias hoje é uma opção

A forma em que as pessoas consomem, fazem pagamentos e transações financeiras muda frequentemente e uma dessas mudanças diz respeito às tarifas bancárias, que são evitadas cada vez mais pelos brasileiros, inclusive, hoje, pagá-las se tornou uma opção.  Ter uma conta em banco para fazer transferências, emissão de cheques ou boletos, pagamentos e dentre outros […]

30 de setembro de 2020 3 min de leitura
time

Artigo atualizado 30 de setembro de 2020

A forma em que as pessoas consomem, fazem pagamentos e transações financeiras muda frequentemente e uma dessas mudanças diz respeito às tarifas bancárias, que são evitadas cada vez mais pelos brasileiros, inclusive, hoje, pagá-las se tornou uma opção

Ter uma conta em banco para fazer transferências, emissão de cheques ou boletos, pagamentos e dentre outros serviços é essencial, ainda mais quando falamos de empresas. Porém, as tarifas bancárias cobradas para essas operações, principalmente em contas PJ, são altíssimas. 

Afinal, já que a conta bancária é feita justamente para guardarmos e gerenciarmos nosso dinheiro, como ela pode ser uma das vilãs do nosso orçamento?

Distrito for Startups

Por que são cobradas tarifas bancárias? 

Os bancos cobram tarifas para pagar os serviços que são prestados aos clientes. Eles estão autorizados pelo Banco Central a cobrar taxas para abertura de contas, emissão de cartão, saques, depósitos, transferências (DOC e TED), emissão de extratos, boletos e cheques.

As tarifas bancárias podem ser cobradas mensalmente ou por transação financeira que o cliente da conta efetuar. Tudo isso varia de um banco para outro. 

Para conta PJ esses valores podem ser ainda maiores. Isso porque as empresas costumam utilizar vários serviços bancários por dia, inclusive a emissão de boletos e cheques. 

Contas digitais para PJ sem tarifas bancárias

Se você está buscando pagar menos tarifas, é possível gastar menos sem precisar trocar de banco. Porém, dependendo dos serviços que você utiliza com mais frequência, pode ser mais vantajoso mudar para uma conta com tarifa zero. 

Uma alternativa para fugir das cobranças de tarifas bancárias é adotar o uso das contas digitais para PJ oferecidas pelas fintechs. Além do fato de que a maioria não cobra mensalidade, as contas digitais são ótimas opções para fugir de filas e resolver tudo pelo celular. Abaixo separamos algumas opções para sua empresa. Confira: 

Conta digital PJ do Banco Inter

A conta digital para PJ do Banco Inter é totalmente isenta de tarifas bancárias e, com ela, sua empresa terá acesso a um cartão de débito gratuito pata movimentações e os seguintes serviços:

  • TEDs e boletos gratuitos todo mês: são 100 TEDs e 100 boletos gratuitos por mês;
  • O dia a dia do seu negócio facilitado: folha de pagamento automática, extratos por período e depósito de dinheiro via boleto;
  • Taxas especiais na maquininha: ao se tornar cliente da conta PJ do Banco Inter você terá taxas exclusivas na maquininha e convênio com as principais bandeiras.
  • Transferência de domicílio bancário: se você já utiliza outra maquininha, pode mudar o domicílio da credenciadora para o Banco Inter. Assim, você não tem tarifas e pode antecipar seus recebíveis com taxa a partir de 1% ao mês;
  • Gestão de acessos: acesso personalizado com vários perfis e acesso à multicontas; .
  • Use seu celular pra receber: você recebe via QR Code com o Interpag, o dinheiro cai na hora, até em finais de semana. 

Conta digital para MEI do C6 Bank 

O C6 Bank também possui uma opção para os microempreendedores individuais, a conta digital C6 MEI, que é gratuita e você ainda pode pedir um cartão sem anuidade e evitar diversas tarifas bancárias. Confira os serviços da conta: 

  • Transferências para outros bancos: são 100 transferências por mês para qualquer banco; 
  • Transferências para o C6 Bank: gratuitas e ilimitadas; 
  • Saques: faça saques gratuitos da sua conta nos caixas da rede Banco24Horas; 
  • Depósito por boleto: emissões de boletos gratuitas para você depositar dinheiro em sua conta; 
  • Investimentos: opções de CDB com liquidez diária ou com prazos de até três anos; 
  • C6 Taggy: pague seu pedágio no débito direto na conta do C6. Sem anuidade, mensalidade ou taxa de adesão.

Conta digital Neon Pejota

A conta Neon Pejota é destinada aos microempreendedores individuais (MEIs). A conta é gratuita e, com ela, você pode realizar os seguintes serviços: 

  • Receber dos seus clientes na conta, até por maquininha;
  • Fazer compras e pagamentos no App do Neon; 
  • Emitir boletos; 
  • Fazer transferências;
  • Contratar um cartão de débito sem anuidade;
  • Realizar saques na rede Banco24Horas.

Apesar das vantagens, no Neon existe uma limitação na quantidade de serviços gratuitos. Como por exemplo, o primeiro saque no mês é gratuito, mas a partir da segunda operação, o cliente paga R$ 6,90 por saque. O mesmo acontece com a segunda TED, que sai por R$ 3,50 ou depósito via boleto por R$ 2,90.

No site da Foregon você encontra vários outros produtos e serviços financeiros para você e para sua empresa, como: empréstimos, maquininha de cartão e contas bancárias – tudo isso personalizado de acordo com o seu perfil. 

Como vimos até aqui, é possível sim reduzir os gastos com tarifas bancárias. Para isso, basta investir em planejamento e organização.

Lembre-se sempre de conversar com o seu banco e buscar soluções que atendam às suas necessidades. Se o banco tradicional não puder oferecer boas alternativas, o mercado disponibiliza inúmeras outras opções.

Posts recomendados

Acesse o blog arrow