Pular para o conteúdo
VoltarVoltar
Grandes empresas apostam em novas avenidas de crescimento

Grandes empresas apostam em novas avenidas de crescimento

28 de dezembro de 2023
7 minutos de leitura
time

Artigo atualizado em 28 de dezembro de 2023

As novas avenidas de crescimento estão ganhando cada dia mais espaço dentro das grandes empresas. Sua relevância é tanta que, segundo um estudo da McKinsey, elas são responsáveis por cerca de 20% da receita das corporações, chegando até 40% em alguns casos.

Continue a leitura para entender como grandes empresas estão criando novas avenidas de crescimento!

O que são as novas avenidas de crescimento?

Volta e meia surgem algumas notícias de empresas que lançam novos produtos que têm pouca relação com seus mercados de atuação.

A Magalu, por exemplo, passou a oferecer também um seguro saúde; a Pague Menos acabou de lançar seu plano próprio de celular; o Mercado Livre implementou um serviço de streaming na sua plataforma.

Este movimento tem se tornado tão comum no mercado que ganhou até um nome: beyond the core, ou novas avenidas de crescimento, em português.

As novas avenidas de crescimento consistem na atuação em áreas que estão além do ramo central das empresas.

Elas são tão importantes que, segundo a McKinsey, cerca de 20% da receita das grandes empresas são originadas por novos negócios, chegando até a 40% em alguns casos, como é o caso da AT&T, uma das empresas de telecomunicações mais tradicionais dos Estados Unidos.

E a tendência é que este movimento só aumente.

Ainda de acordo com uma pesquisa da McKinsey, quase 9 em cada 10 respondentes disseram que já começaram, consideram começar, ou começarão em até 5 anos a atuar em segmentos diferentes do seu core business.

Como a inovação gera oportunidades para novas avenidas de crescimento

A inovação é um dos fatores mais importantes para empresas que querem se manter competitivas.

Isso porque, em um mundo tão cambiante como vivemos hoje, é preciso estar sempre trazendo soluções reais para problemas reais que mudam o tempo todo.

Por isso, a inovação desempenha um papel central para a criação de novas avenidas de crescimento.

É através dela que as empresas conseguem se diferenciar da concorrência e conquistar novos mercados.

Além disso, empresas que possuem uma cultura de inovação que incentiva a experimentação e a criatividade geram um crescimento cumulativo de TSR (Total Shareholder Return ou Retorno Total ao Investidor) quatro pontos percentuais maior em comparação com outros produtores da mesma indústria, de acordo com a McKinsey.

Ademais, um ambiente propício à experimentação gera insights únicos que podem ser aproveitados em novos produtos.

Assim, a inovação é essencial para uma estratégia beyond the core, já que ela permite que as empresas se adaptem, cresçam e prosperem em novos territórios de mercado.

Empresas que estão desbravando novos mercados

Agora que você entendeu a importância das novas avenidas de crescimento, você deve estar se perguntando como isso funciona na prática.

Entenda como as empresas estão desbravando novos mercados.

O Boticário

Recentemente, O Boticário, anunciou sua entrada no mercado de pet care, com o lançamento da marca Au.Migos Pets, uma linha de produtos exclusivos para cães e gatos.

A entrada da gigante da beleza neste mercado tem fundamento: a categoria de pet care é responsável por 7% das vendas de produtos de higiene e limpeza e deve chegar a US$ 23,6 bilhões em 2028. Além disso, este foi um dos poucos mercados que cresceu durante a crise (5,3%).

Para a Vice-Presidente de Consumer do Grupo Boticário, este é um grande passo para o crescimento da organização e para a aproximação da companhia com o seu público.

Ambev

Mario fabricante de cervejas do mundo, a Ambev controla 69% do mercado brasileiro de cervejas.

Porém, sua atuação sempre esteve muito ligada à venda para comércios e não para pessoas físicas.

Pensando nisso, a Ambev criou uma estratégia beyond the core e lançou, em 2016, o Zé Delivery, aplicativo de entrega de bebidas para fortalecer seu relacionamento direto com o consumidor.

Seu modo de funcionamento é simples: o cliente faz o pedido pelo aplicativo, o entregador retira no ponto de venda e entrega diretamente para o cliente.

Com isso, o Zé Delivery deu tão certo para a Ambev que, em 2020, diante do isolamento social decorrente da pandemia, foi um dos três maiores canais de vendas da empresa.

Além disso, trouxe um aumento de 20% a 30% na receita dos pontos de venda.

TIM

Mais do que uma empresa de telefonia, a TIM também agora faz parte das empresas que estão apostando no setor da saúde.

Em fevereiro, a gigante italiana já havia divulgado sua parceria com o Grupo Cartão de TODOS.

Agora, desde agosto deste ano, a empresa também oferece consultas via telemedicina e desconto em medicamentos através do seu aplicativo Tutti Saúde.

Com isso, a organização reforça seu objetivo de oferecer serviços que agreguem valor real aos usuários.

Como criar novas avenidas de crescimento

Já ficou claro que as novas avenidas de crescimento são muito benéficas para as empresas.

Porém, utilizar essa estratégia exige alguns cuidados, principalmente quando falamos em desbravar novos mercados.

Para isso, existem algumas iniciativas que podem ajudar neste processo.

Entenda o mercado através de reports personalizados

Antes de entrar em qualquer mercado, é imprescindível conhecer sua dinâmica.

Por isso, o report personalizado do Distrito pode ser o primeiro passo rumo à criação de uma nova avenida de crescimento.

Essa estratégia consiste em contar com experts em inteligência do mercado que, a partir de uma análise muito detalhada, conseguem trazer soluções personalizadas que conversam com as necessidades particulares de cada empresa.

Assim, os reports personalizados, como os do Distrito, ajudam as organizações a tomarem decisões mais inovadoras e assertivas, gerando vantagem competitiva.

Empresas grandes como a Aché e o Instituto Caldeira já contaram com a expertise do Distrito para se lançarem em novos negócios. Vale conhecer os reports personalizados do Distrito!

Faça parcerias e aquisições

Outra forma de adentrar em novos mercados é através de parcerias e aquisições.

A criação de parcerias com empresas que já estão no mercado, ampliam o acesso a um público que já utiliza aquele serviço.

Da mesma forma, a aquisição de empresas detentoras de soluções inovadoras, enriquece não só a base de clientes como também incorpora a expertise do time.

Assim, as parcerias e aquisições também são uma maneira de adquirir capital financeiro e intelectual.

Por fim, por meio das parcerias e aquisições, as empresas crescem de forma bem mais rápida do que se precisasse criar uma solução do zero.

Novas avenidas de crescimento como agregadoras de valor

Inegavelmente, as novas avenidas de crescimento geram oportunidades únicas de acesso a novos públicos e, consequentemente, a novas fontes de receitas.

Aliada à bons parceiros, como as startups, garante que a expertise de quem já está no mercado seja aproveitada e facilita o acesso a novos públicos.

Em conclusão, quem conseguir aproveitar essa oportunidade de forma bem-sucedida poderá não só se diferenciar da concorrência, como também ofertar mais valor a seus clientes.