arrow Voltar

Health: A experiência do setor acadêmico aplicada ao empreendedorismo

Texto de Paulo Gurgel Pinheiro, CEO @ HOOBOX Robotics Como formar o time certo para empreender na área da saúde? Nem toda empresa de base tecnológica da área da saúde precisa ter um founder com formação na área, mas inevitavelmente em algum momento alguém precisará trazer a expertise para a empresa. Um investidor estratégico, um […]

9 de julho de 2020 2 min de leitura
time

Artigo atualizado 9 de julho de 2020

Texto de Paulo Gurgel Pinheiro, CEO @ HOOBOX Robotics

Como formar o time certo para empreender na área da saúde?

Nem toda empresa de base tecnológica da área da saúde precisa ter um founder com formação na área, mas inevitavelmente em algum momento alguém precisará trazer a expertise para a empresa. Um investidor estratégico, um novo sócio, ou um processo de incubação promovido por uma empresa da área da saúde ou hospital, por exemplo, pode trazer rapidamente essa competência por um custo reduzido.

Como parte da formação do time é importante também tentar montar um conselho composto de profissionais experientes na área. Esses profissionais podem ser executivos de um possível hospital parceiro, empresa de saúde, ou mentores de um processo de aceleração.

O processo de formação de time deve considerar também aspectos futuros, como a capacidade que a empresa tem para contratar um grupo específico de especialistas em um curto espaço de tempo. A HOOBOX, por exemplo, mantém uma lista de desenvolvedores que já passaram pelo processo de seleção inicial ou que já foram treinados anteriormente pela empresa, agilizando o processo de contratação quando necessário.

Quais foram as vantagens e desvantagens e possuir uma experiência no setor acadêmico ao empreender? O pesquisador acadêmico é por natureza analítico, orientado a métricas e evidências, sempre buscando a precisão dos resultados e conclusões das pesquisas.

Algo que o pesquisador sabe fazer muito bem, por exemplo, é aplicar metodologia científica. Você tem uma hipótese, gera diversos experimentos para derrubar ou sustentar sua hipótese e analisa os resultados. Isso é algo que fazemos até hoje na HOBOOX para definir o melhor mercado de atuação, o próximo produto a ser lançado, a melhor precificação.

No entanto, o empreendedor pesquisador deverá saber que, por mais tentador que seja, as vezes será necessário abrir mão de um possível preciosismo, uma técnica ótima ou mais rebuscada para que possa desenvolver um produto e entregar valor mais rapidamente. É necessário também evitar a tentação de resolver desafios paralelos que possam surgir durante o processo de desenvolvimento, e que não estão diretamente ligados ao produto.

O pesquisador, em geral, sabe muito bem como escrever projetos relevantes de pesquisa, o que pode ajudá-lo a buscar investimentos de fundos financiadores de pesquisa para empresas e bolsas de desenvolvimento. 

A HOOBOX Robotics desenvolve sistema de reconhecimento facial de alta precisão para monitorar comportamentos humanos nas áreas da saúde, varejo, transporte, segurança e agribusiness.

Posts recomendados

Acesse o blog arrow