arrow Voltar

Hub de inovação é essencial para conectar empresas e startups

Certamente você já ouviu falar em hub de inovação. Talvez até exista um deles na sua cidade. Mas você sabe o que são e para que servem esses espaços, que se multiplicam pelo Brasil? Mais do que lugares com uma decoração descontraída e gente jovem trabalhando, os hubs de inovação são essenciais para conectar empresas […]

16 de dezembro de 2019 3 min de leitura
time

Artigo atualizado 16 de dezembro de 2019

Certamente você já ouviu falar em hub de inovação. Talvez até exista um deles na sua cidade. Mas você sabe o que são e para que servem esses espaços, que se multiplicam pelo Brasil?

Mais do que lugares com uma decoração descontraída e gente jovem trabalhando, os hubs de inovação são essenciais para conectar empresas e startups e fomentar a inovação. Por isso, neste artigo, nós do Distrito explicamos o que é hub de inovação, como esses locais funcionam e quais os seus benefícios. Acompanhe!

O que é hub de inovação

O hub de inovação é um lugar onde startups podem desenvolver novas ideias. A ideia é que esses empreendedores — com alto potencial de crescimento e frequentemente relacionadas com tecnologia — possam trabalhar e também conhecer e fazer trocas com investidores, grandes empresas e outras startups.

Uma analogia comum é comparar os hubs de inovação com um shopping center, onde as startups seriam como as lojas, e as grandes empresas e investidores como os clientes.

Quando os clientes são investidores, eles visitam essas lojas procurando por oportunidades de negócio que possam ser rentáveis, tanto em termos de investimentos como até mesmo de aquisição. No caso das empresas, elas buscam inovações que ajudem a solucionar problemas internos.

Mas não para por aí: o hub de inovação também auxilia no desenvolvimento desses novos negócios, já que os empreendedores podem fazer networking e encontrar especialistas e mentores com quem aprender. E adicione a esse mix, também, universidades, órgãos de fomento e outros interessados que podem acabar se envolvendo.

Nesses espaços, cria-se uma espécie de rede, onde a seleção de startups é importante para atrair investidores. É uma troca que facilita a estruturação dos negócios. Uma startup que tem um bom software, por exemplo, pode aprender com outra, focada em marketing, sobre qual a melhor maneira de divulgá-lo.

Dessa forma, os hubs de inovação são espaços de aprendizagem, troca e fomento da cultura do empreendedorismo, um lugar onde pode se praticar a inovação aberta.

Qual o impacto de um hub de inovação?

Os hubs de inovação costumam ter impactos positivos em todos os envolvidos. Para as startups, auxiliam na estruturação do negócio, ajudam a obter investimentos e networking. Em resumo, apoiam essas novas empresas para que tenham sucesso e permaneçam no mercado.

Outros impactos positivos dos hubs de inovação são a geração de empregos, o incentivo à experimentação, tanto de novas tecnologias quanto de novos modelos de negócios e, de modo geral, a criação de uma cultura empreendedora.

Por que estar presente em um hub de inovação

Descubra por que é vantajoso para o seu negócio estar presente em um hub de inovação.

Para descobrir novas oportunidades de negócio

Em um hub de inovação, as oportunidades de fechar negócio são muitas. Nesses locais, é possível conhecer startups para fazer investimentos naquelas que são mais promissoras; fazer parceiras com essas empresas, que podem solucionar um problema pontual que você não consegue solucionar internamente; trocar ideias e mais.

Para renovar sua cultura organizacional

Aproximar-se de negócios jovens e inovadores é uma forma de continuar relevante no mercado, o que vale principalmente para as empresas mais tradicionais. Com esse contato,  seu negócio pode absorver a visão empreendedora dessas empresas, construir parcerias e trocar experiências. Todos saem ganhando!

Para praticar a inovação aberta

Os hubs de inovação são uma forma de fomentar a inovação aberta, sobre a qual falamos com frequência aqui no blog do Distrito. 

Sua empresa não precisa necessariamente ter uma área de inovação para ser inovadora. Inovar também é estar em contato com outros players. 

Nesse contexto, a inovação aberta se encaixa perfeitamente, pois consiste na colaboração entre empresas, indivíduos e órgãos públicos, com um objetivo comum: criar produtos e serviços mais inovadores. A ideia é que a empresa não olhe só pra dentro, mas também que colabore com outros negócios para inovar mais e melhor.

Saiba mais: Inovação Aberta: o que é e os benefícios para a empresa.

Conheça o hub de inovação do Distrito

Muitos negócios não sabem por onde começar quando se fala em inovação. Você sabia que um primeiro passo pode ser colocando a sua empresa dentro de um hub de inovação? Assim, você vincula a sua marca com as iniciativas inovadoras oferecidas por esse espaço.

É isso que fazem negócios como Johnson&Johnson, Unimed, Bosch, HDI Seguros e KPMG, que são mantenedores dos centros de inovação do Distrito. São diversos espaços espalhados pelo país, totalizando 5 mil metros quadrados em diversas cidades, com o objetivo é conectar o ecossistema para gerar impacto e construir um futuro mais inteligente. 

Por isso, se você é uma empresa e quer estar perto das startups, conectar-se com outros negócios e inovar mais, entre em contato com a gente! O mesmo vale se você for uma startup interessada em se conectar com as empresas que nos apoiam e que fomentando a inovação aberta.

Faça parte da comunidade.

Posts recomendados

Acesse o blog arrow