arrow Voltar
Inteligência Artificial no Drive Thru do McDonald’s

Inteligência Artificial no Drive Thru do McDonald’s

Já imaginou ser atendido por uma Inteligência Artificial no Drive Thru? Essa realidade parece estar mais próxima do que você imagina. O McDonald’s anunciou na semana passada a compra de uma startup de reconhecimento de voz e conversação chamada Apprente. A companhia foi fundada em 2017 e já trabalha há alguns anos com o McDonald’s. […]

18 de setembro de 2019 2 min de leitura
time

Artigo atualizado 18 de setembro de 2019

Já imaginou ser atendido por uma Inteligência Artificial no Drive Thru? Essa realidade parece estar mais próxima do que você imagina. O McDonald’s anunciou na semana passada a compra de uma startup de reconhecimento de voz e conversação chamada Apprente.

A companhia foi fundada em 2017 e já trabalha há alguns anos com o McDonald’s. Dessa forma, a empresa encontrou no Drive Thru um ótimo meio de aprimorar sua tecnologia proprietária. Hoje, declaram ter uma solução robusta e escalável.

Portanto, a tecnologia já está sendo testada e é própria para lidar com desafios como linguagem complexa, diferentes idiomas, sotaques e variedade de itens pedidos.

Esta é a terceira negociação tecnológica recente do Méqui (como eles têm se auto-intitulado na nova campanha) . Ainda neste ano, a companhia comprou a Dynamic Yield e investiu na Plexure. A primeira trabalha a customização dos menus de Drive Thru, de acordo com condições climáticas e horário, a segunda cria alguns de seus apps.

A iniciativa também dá sequência a uma série de aperfeiçoamentos tecnológicos da companhia como:

  • telas touch-screen para pedidos nas lojas;
  • melhorias no aplicativo proprietário da marca;
  • integração com plataformas de delivery, como Uber Eats.

Os funcionários da Apprente agora formarão um time chamado McD Tech Labs no Vale do Silício.

Quer saber como conquistar seu cliente na nova economia?

McDonald’s: foco em Mobile First

Algo interessante a se observar na estratégia de varejo do McDonald’s é o foco da empresa de adaptar tudo o que acontece offline para o online. No ebook A experiência do Cliente da Nova Economia exploramos algumas das estratégias utilizadas por grandes empresas do varejo.

Em algumas unidades do McDonald’s, como é o caso da loja conceito da Avenida Brasil, em São Paulo, clientes podem fazer pedidos sem interagir com atendentes ou enfrentar filas.

Totens, tablets e máquinas de autoatendimento ficam disponíveis para quem quiser agilizar o processo, com a possibilidade de acréscimo ou retirada de ingredientes dos respectivos lanches. O pagamento também pode ser feito por ali.

O mesmo vale para a estratégia utilizada pelo McDonald’s em seus aplicativos. Cupons de descontos, promoções e pacotes únicos são lançados no app da rede de fast food com o intuito de trazer uma experiência diferenciada ao cliente. Esse é um exemplo de trazer o online para o offline. Você estimula que seu cliente use suas soluções digitais e o traz para o seu ponto de venda com o intuito de consumir seu produto.

Quer conhecer outras tecnologias que vão mudar o varejo? Baixe agora o Distrito RetailTech Report e aguarde o lançamento da edição atualizada.

Mais lidos

Compartilhar
Editoriais
  • Aceleração
  • Cases
  • Corporações
  • Cultura de inovação
  • CVC
  • D4S
  • Ecossistema e conexão
  • Estratégias
  • Eventos
  • Ferramentas e processos
  • Governança
  • Hubs
  • M&A
  • Partnership
  • Programas
  • Squads
  • Startups
  • Techboard
  • Tecnologia
  • Tendências
  • Transformação Digital

Posts recomendados

Acesse o blog arrow