arrow Voltar
Startups brasileiras movimentam US$ 5,2 bi e batem recorde no semestre

Startups brasileiras movimentam US$ 5,2 bi e batem recorde no semestre

O 1º semestre de 2021 foi aquecido para as startups brasileiras: US$ 5,2 bilhões foram investidos em Venture Capital até julho. Recorde histórico, o volume aportado nos primeiros seis meses do ano ultrapassou em 45% o total investido em todo o ano de 2020. Além disso, foram realizados 339 aportes de janeiro a junho – […]

8 de julho de 2021 2 min de leitura
time

Artigo atualizado 8 de julho de 2021

O 1º semestre de 2021 foi aquecido para as startups brasileiras: US$ 5,2 bilhões foram investidos em Venture Capital até julho. Recorde histórico, o volume aportado nos primeiros seis meses do ano ultrapassou em 45% o total investido em todo o ano de 2020. Além disso, foram realizados 339 aportes de janeiro a junho – número aproximadamente 35% superior ao ano passado.

Os dados são do mais recente estudo Inside Venture Capital – trilha premium de reports do Distrito – que também trouxe um recorte sobre as fusões e aquisições realizadas no período.

Confira os principais highlights do estudo neste material especial que preparamos para você! Não é necessário preencher nenhum formulário para ter acesso ao material, o conteúdo já está disponível para você que tem interesse em entender mais sobre o mercado de Venture Capital.

Fusões e aquisições de startups no Brasil

Foram realizados 113 M&As no primeiro semestre – número 121% superior ao mesmo período do ano passado, quando 51 M&As movimentaram o mercado. Isso reforça a solidificação do mercado de M&As no Brasil, especialmente quando há startups envolvidas.

O perfil dos compradores mudou:  startups bastante capitalizadas estão adquirindo e incorporando outros negócios. Esse movimento é diferente do que vimos no ano passado com corporações comprando startups para somar ao portfólio da empresa.

O estado de São Paulo continua sendo o principal polo de concentração destes M&As. Das 113 operações, 63 ocorreram na região – Santa Catarina aparece em segundo lugar com 13 M&As no estado.

Gama Academy: nova aquisição no setor de educação

O segundo semestre começou aquecido com a compra de 55% da participação da startup Gama Academy pela gigante de educação Ânima em um acordo de R$ 34 bilhões e que prevê assunção de controle total da startup em 2026.

Fintech: o setor que recebeu mais investimentos no semestre

As fintechs brasileiras foram as que mais receberam investimento de janeiro a julho. Foram levantados mais de US$ 2 bilhões no semestre pelo setor, que também foi o que mais concentrou mega-rounds, foram 5 rodadas com montante superior a US$ 100 milhões.

Fintech também lidera em número de aportes recebidos, com 72 aportes, seguido de ReitalTech e HealthTech com 36 e 29 aportes, respectivamente.

Inside Report : receba nossas newsletters

Fique por dentro das principais movimentações, dados e tendências do seu mercado. Escolha abaixo os assuntos que mais te interessam e receba a cada 15 dias nossas newsletters. Acompanhe quais são as principais movimentações e aquisições de diversos setores, desde Fintech até Healthtech.

Posts recomendados

Acesse o blog arrow