arrow Voltar
Qual o salário médio de quem trabalha em startup em 2020?

Qual o salário médio de quem trabalha em startup em 2020?

Quem está em busca de emprego ou quer saber como trabalhar em startups já deve ter reparado que nem toda oportunidade ou processo seletivo informam o valor do salário, não é mesmo? Mas, as razões pelas quais muitas delas não divulgam esse dado é, simplesmente porque, tudo depende. Isso pode ser um pouco frustrante para […]

9 de setembro de 2020 3 min de leitura
time

Artigo atualizado 9 de setembro de 2020

Quem está em busca de emprego ou quer saber como trabalhar em startups já deve ter reparado que nem toda oportunidade ou processo seletivo informam o valor do salário, não é mesmo?

Mas, as razões pelas quais muitas delas não divulgam esse dado é, simplesmente porque, tudo depende.

Isso pode ser um pouco frustrante para quem quer mais informações. Mas, de certa forma, é um filtro de seleção. Apenas candidatos interessados no projeto e com espírito inovador vão seguir no processo de recrutamento.

Ou seja, faz sentido, mas não tira a dúvida sobre a remuneração oferecida pelas startups, certo? Então, para acabar com essa dúvida, trouxemos alguns valores de salários para exemplificar.

Distrito for Startups

Salário médio em 2020

Analista de marketing

O analista de marketing pode ser responsável por diferentes canais ou projetos de uma startup. Por isso, suas habilidades profissionais e experiências prévias vão ajudar na hora da escolha do candidato para a vaga.

A média salarial desse profissional em Belo Horizonte, segundo o site Glassdor, é de R$ 2.624,00 por mês, além de outros benefícios que cada startup pode oferecer.

O salário do analista de marketing que trabalha em São Paulo, no entanto, é bem maior. A média é de R$ 3.586,00, mas pode ultrapassar 6 mil reais.

Desenvolvedor

O salário para desenvolvedor, em São Paulo, é de R$5.500,00, em média. Mas pode dobrar de valor considerando as especificidades, qualificação e habilidades profissionais do candidato.

Para desenvolvedores do Rio de Janeiro a média é de R$4.985,00 e o pico é de R$ 9 mil reais de salário mensal, o que pode variar conforme as linguagens que o profissional domina, a complexidade do código que ele vai programar etc.

Customer Success

O Customer Success (CS) acompanha os clientes da startup desde suas primeiras interações comerciais até o pós-venda. Assim, é uma figura importante para o relacionamento e a garantia de bons negócios.

O salário médio de um CS em nível gerencial na capital paulista é de R$ 5.647,00. Só que, além dos benefícios, algumas startups costumam oferecer bônus e adicionais por metas batidas.

https://youtu.be/9psXLObi0M0

Inside Sales

Por falar em metas, o time de vendas não pode ficar fora dessa lista. O Inside Sales, ou, vendas internas, é parte da equipe comercial dedicada às vendas remotas, seja pelo telefone, seja por videoconferências.

Como as startups são, naturalmente, um modelo enxuto de negócio, é comum que o Inside Sales seja não um setor, mas toda a força de vendas da startup.

Analisando o valor do salário de consultores de vendas, por exemplo, temos uma média entre R$1.700,00 e R$2.400,00.

Porém, vale lembrar que essa é uma área do negócio que usa, ativamente, a oferta de comissões para incentivar o desempenho comercial de seus representantes, não é mesmo?

Percebe que cada área de atividade da startup tem variáveis que podem alterar o valor da remuneração? Além disso, ainda precisamos considerar que cada uma delas tem nichos específicos quem também podem mudar quanto ganha cada profissional do negócio. Agora que você já sabe o salário de algumas áreas das startups, que tal encontrar uma vaga para chamar de sua? Conheça nossa página de pesquisas de oportunidades.

ebook-mvp-Banner-1

Mais lidos

Compartilhar
Editoriais
  • Aceleração
  • Cases
  • Corporações
  • Cultura de inovação
  • CVC
  • D4S
  • Ecossistema e conexão
  • Estratégias
  • Eventos
  • Ferramentas e processos
  • Governança
  • Hubs
  • M&A
  • Partnership
  • Programas
  • Squads
  • Startups
  • Techboard
  • Tecnologia
  • Tendências
  • Transformação Digital

Posts recomendados

Acesse o blog arrow